Ir ao Topo

segunda-feira, 1 de abril de 2013

NOSSA GRADE DA LOTECA 553:

- AZ ATUALIZADO -
- VOTE NAS ENQUETES DO BLOG -
- CURTA O APOSTE NA ZEBRA NO FACEBOOK -
- COLABORE COM QUEM TENTA TE AJUDAR ESPONTANEAMENTE -

Bem amigos!

Gostei da grade dessa semana, diversos clássicos estaduais, alguns jogos aparentemente fáceis que podem vir a se tornar em verdadeiros presentes de grego, do jeito que as listradas gostam.
Destaque para o BA x VI...maior clássico do Norte e Nordeste, inaugurando a Arena Fonte Nova, primeiro estádio iniciado do zero a ser entregue para a Copa da Confederações...ingressos esgotados desde a última sexta-feira.

VAMOS À LUTA AMIGOS!

15 comentários:

  1. Ed, o clássico alagoano entre CSA e CRB foi pra sáb.

    Fonte- globo.com- pag. de esportes

    ResponderExcluir
  2. CONFIRMANDO, A NOTICIA DO ARG-RIVER
    FONTE GLOBO ESPORTE.

    CRB/AL X CSA/AL. ATENÇÃO!!!!!!!!
    CONFIRMADO, PARA SÁBADO

    FONTE GLOBO ESPORTE.

    A Federação Alagoana de Futebl (FAF) aceitou o pedido do Clube de Regatas Brasil e antecipou o Clássico das Multidões, contra o CSA, para o próximo sábado (06), às 17h. De acordo com o diretor de futebol, Ednilton Lins, o motivo da solicitação é que o Galo tem uma viagem marcada para Manaus nas primeiras horas da segunda-feira, já que na quarta-feira (10), enfrenta o Fast Club, do Amazonas, pela Copa do Brasil.
    - Solicitamos da Federação que o jogo contra o CSA fosse antecipado para sábado. O CRB é o mandante do jogo e temos um compromisso pela Copa do Brasil, lá em Manaus. Então temos que viajar logo após o jogo - afirmou Ednilton.
    O CRB encaminhou a solicitação para a FAF ainda nesta segunda-feira e o pedido foi aceito. Segundo Júnior Beltrão, diretor técnico da federação, a decisão beneficiou um filiado em uma competição nacional.
    Para o presidente do CSA, Jorge VI, a mudança na data não trás prejuízo para o clube azulino.
    - Como as duas equipes terão a semana inteira para trabalhar, não teremos nenhum problema para o jogo. Já que o mando de campo é deles, encaramos a solicitação do CRB e a aceitação da federação com naturalidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hein JP!...Que belo exemplo do CSA, não criou nenhum problema na solicitação do rival.
      Tem que ser assim mesmo, rivalidade, apenas dentro do campo.

      Parabéns aos dirigentes do CSA.

      Excluir
  3. Galera do G4 verifiquem seus e-mails.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia amigo Ednaldo Ferreira.
    Gostaria de informar ao amigo que o jog 2 (fl x duque) será às 16h de sábado, enão as 18:30, ok?
    Grande abraço e sucesso.
    BLOG CERCANDO ZEBRAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu André!

      Costumo pegar esses horários no site globoesporte.com...e lá ainda continua dizendo que o jogo é às 18:30h do sábado.

      Fui tirar a dúvida no site da Federação Carioca de Futebol, e realmente esse jogo está marcado para as 16:00h.

      Grande abraço.

      Excluir
  5. Classificada, Ponte Preta traça nova meta para garantir vaga no G4:

    Nas contas da Macaca, 38 pontos serão suficientes para garantir quarto lugar.

    O empate contra o XV de Piracicaba, por 2 a 2, classificou matematicamente a Ponte Preta às quartas-de-final do Campeonato Paulista. Com a vaga assegurada, o técnico Guto Ferreira já traçou a nova meta do clube: mais quatro pontos ou 38 no total para garantir um lugar entre os quatro primeiros.

    “A Ponte Preta trabalha com metas gradativas. Nosso primeiro objetivo era nos garantirmos entre os oito. Isso aconteceu. Agora, focaremos um lugar entre os quatro primeiros”, afirmou o treinador.

    Caso a Ponte termine entre os quatro primeiros, garante a vantagem de atuar em casa na próxima fase. “Se conseguirmos isso, passaremos a pensar em terminar entre os dois primeiros”, lembrando, que a vice-liderança garantiria a vantagem de decidir em Campinas até a semifinal.

    Após o empate com o XV, a Ponte chegou aos 34 pontos, na vice-liderança, e somou seu 16.º jogo sem derrota no Paulistão. Nas últimas rodadas, o time terá pela frente Palmeiras e Penapolense, em casa, além do Bragantino, fora.

    ResponderExcluir
  6. Romário e Ivo Herzog vão à CBF pedir saída de Marin, Del Nero e cia.

    Segunda Romário, o presidente da FPF, Del Nero, é chefe de cartel.

    Rio de Janeiro, RJ, 01 (AFI) - O filho do jornalista Vladimir Herzog, assassinado pela ditadura em 1975, Ivo Herzog, entregou nesta segunda-feira uma cópia do abaixoassinado com quase 55 mil assinaturas que pede a saída do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin. Acompanhado dos deputados federais Romário (PSB-RJ), presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara, e Jandira Feghali (PCdoB-RJ), presidente da Comissão de Cultura, Ivo Herzog protocolou a cópia do abaixoassinado e teve de deixá-la na recepção da sede da CBF, já que, segundo lhe foi dito, Marin não estava no prédio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

    "Recentemente descobri documentos que mostram a participação do senhor José Maria Marin durante o período do regime militar brasileiro", afirma Ivo no documento entregue à CBF e enviado às 27 federações estaduais de futebol e aos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. "Estão com as cópias nas mãos. Agora, ou vão se manifestar, ou vão ser coniventes", disse o filho de Herzog. Ele contou ter informações de que a Comissão Nacional da Verdade vai convocar Marin a depor sobre o caso. "E aí é importante que se diga: não será um convite, mas uma convocação. E ele será obrigado a comparecer", afirmou.

    O abaixoassinado foi feito por meio do site Avaaz e, segundo Ivo, contou com a assinatura de nomes como Chico Buarque de Hollanda. O filho de Herzog chegou à sede da CBF às 15h08 e, minutos depois, já havia subido ao andar da entidade e protocolado a entrega da cópia, ao lado de Jandira e Romário.

    "É bom que o torcedor brasileiro saiba quem está no comando da entidade maior de futebol do País", disse o ex-atacante. Um grupo de quatro torcedores (com camisas de Vasco, Botafogo, Fluminense e Flamengo) fez um pequeno protesto em frente à sede da CBF e conversou com Ivo e os parlamentares.

    Não é que me tornei fã do Romário!

    ResponderExcluir
  7. Notícias do Bahêa!

    Os jogadores do Bahia, após um dia de folga, voltaram aos trabalhos na manhã desta terça-feira, no Fazendão, visando o primeiro clássico da temporada contra o Vitória, na Arena Fonte Nova.

    O primeiro dia, pelo menos para os jogadores considerados titulares, foi marcado por um treino leve. Na sala de musculação, durante a manhã, os atletas realizaram o tradicional trabalho regenererativo, que acontece no treino seguinto ao jogo.

    De fora da partida contra o Bahia de Feira, no último domingo, o centroavante Souza desceu para o gramado. Entretanto, ao invés de participar do coletivo entre reservas e time júnior, o Caveirão realizou um intenso treinamento físico separado dos demais companheiros. Nesta quarta-feira, às 16h, o elenco tricolor volta a treinar de olho no BA-Vi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Souza de fora do clássico?...sem problemas.

      Obina já mandou o recado:

      "Deus perdoa, Obina não!"

      Excluir
  8. Notícias do Vitória!

    O médico do Vitória, Wilson Vasconcelos, confirmou que o atacante Marcelo Nicácio e o meia Leílson ficarão de fora do clássico contra o Bahia, domingo, na Arena Fonte Nova, às 16h, em partida válida pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Baiano.

    O centroavante sentiu dores no adutor da coxa esquerda na partida contra o Feirense. Leílson, que entrou no segundo tempo após meses de fora dos gramados por conta de algumas lesões, ficou menos de quinze minutos em campo.

    "Caio (Júnior, o técnico) não pode nem pensar nos dois para domingo", disse Vasconcelos. Para a vaga deixada por Nicácio, o dono da camisa 9 será Dinei.

    ResponderExcluir
  9. Portões da Arena Fonte Nova abrirão mais cedo:

    Se você tem ingresso garantido para o Ba-Vi, aqui vão algumas dicas: Bahia pela Ladeira da Fonte das Pedras, Vitória pelo Dique, chegue cedo, nem sonhe com bebida alcoólica ou acarajé dentro do estádio, fumar é proibido. Um pacote básico, claro, que não exclui as regras sociais básicas de convivência. Os operadores da arena até elaboraram uma espécie de cartilha com orientações do que "não pode" no estádio.

    Para evitar possíveis tumultos, os portões da Fonte Nova estarão abertos a partir das 11h30. “Pelas experiências que tivemos em inaugurações das outras arenas, as pessoas vêm com câmeras, querem circular para tirar fotos. Vamos permitir que o fluxo seja tranquilo, que as pessoas rodem, conheçam a arena”, afirma o presidente da Arena Fonte Nova, Frank Alcântara.

    A bola só rola para Bahia e Vitória a partir das 16h, mas o espetáculo começa bem antes. A cerimônia de abertura será às 14h30, numa espécie de esquente pra quem já estiver na arquibancada. Mil funcionários, entre orientadores e seguranças, vão auxiliar os espectadores desde a entrada. “Ninguém vai ficar sem saber onde sentar, onde é o banheiro”, diz Alcântara.

    Sanduíches, salgados, cachorro-quente, refrigerantes, energéticos, isotônicos e cerveja sem álcool estão entre as opções de lanches nos 40 quiosques do estádio. Espetinho e acarajé, nem pensar. “Nunca teve acarajé na Fonte Nova. Eu adoro acarajé, mas não é permitido ter no estádio tacho de azeite e bujão de gás. Estamos tentando encontrar uma forma de trazer o acarajé pra Fonte Nova com uma tecnologia permitida pela legislação”, continua.

    Quem quiser brindar o reencontro com o estádio com uma cerveja bem gelada vai ter que chegar ainda mais cedo pra comprar a latinha e tomar toda do lado de fora. Não é permitido entrar na Arena com nenhum tipo de bebida. Acender qualquer tipo de cigarro também nem pensar. Fumar é terminantemente proibido na nova Fonte.

    Torcidas

    Quem frequentava a velha Fonte deve ficar atento. No domingo, o caminho será diferente. Os tricolores entrarão no estádio pela Ladeira da Fonte das Pedras. Os rubro-negros, pelo Dique do Tororó. O torcedor só terá acesso ao setor que escolheu no momento da compra, mas não precisará sentar na cadeira identificada no ingresso.

    “Os ingressos e os assentos estão numerados, mas teremos tolerância. Vamos deixar o torcedor se acomodar da forma que hoje ele se acomoda nos estádios de Pituaçu e Barradão, que também são numerados. Essa tolerância será dada e nossos orientadores estão treinados para mediar essa situação. Hoje, temos a cultura setorial”, esclarece Alcântara. “Introduzir elementos modificadores demais podem gerar muita confusão”, completou.

    *Taí, gostei dessa de "é proibido fumar" na Arena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os que matam
      Os que provocam câncer de pulmão
      Os que incomodam pessoa que não fumam
      Os que poluem o meio ambiente
      Os que dão problemas nas gengivas
      Os que aumentam o risco de ataques do coração...

      Mas a maioria é uma mistura de todos esses tipos!

      Excluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: