Ir ao Topo

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

PITÁCOS DA ZEBRA - LOTECA 575 (01):

JOGO 01 - VASCO DA GAMA/RJ - SÃO PAULO/SP
Domingo - São Januário



Vasco e São Paulo duelam em São Januário na expectativa de obter a vitória e tentar se afastar da zona de rebaixamento. O confronto também promete pelo retrospecto no Rio de Janeiro. São 45 gols em 16 partidas referentes ao Campeonato Brasileiro no estádio cruzmaltino. A média é de 2,8 tentos por jogo - apenas dois encontros terminaram empatados em 0 a 0.
O dono da casa aposta suas fichas no ídolo Juninho. Já o Tricolor Paulista venceu na última rodada e mantém a empolgação após a estreia com sucesso do técnico Muricy Ramalho.
PITÁCOS DA LOTOGOL 577: 0x0   1x1   1x2   2x1

4 comentários:

  1. NOTICIAS DO VASCO:

    Juninho diz que Vasco ligou alerta contra rebaixamento no Brasileiro.

    Líder do Vasco, o meia Juninho apresentou-se para conversar com a imprensa no desembarque da delegação, nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. Após a derrota por 2 a 0 para a Portuguesa, o time ainda ocupa a 11ª colocação, mas está apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento. O veterano usou o discurso para pedir calma, mas admitiu a preocupação com as últimas posições na tabela.

    "Faltam 18 jogos e não vamos desesperar. Liga o sinal de alerta, mas não dá para abaixar a cabeça e achar que tudo está perdido. Entendo que é um momento mais preocupante do que para fazer planos. A situação na tabela é apertada e vamos nos preparar de alguma forma para tentar vencer o São Paulo no domingo", afirmou.

    ResponderExcluir
  2. NOTICIAS DO SÃO PAULO:

    Em reestreia, São Paulo vence a Ponte Preta com marca de Muricy.

    A festa no Morumbi começou muito antes do apito inicial. O grito mais esperado da torcida são-paulina começou por volta das 19h nos arredores do estádio. Muricy Ramalho voltou ao São Paulo, e assim voltaram as vitórias: 1 a 0 sobre a Ponte Preta, que alimenta a esperança de deixar a zona de rebaixamento. Triunfo com a marca deixada pelo técnico entre 2006 e 2009: três zagueiros, bola aérea e placar magro.

    O São Paulo jogou bem como não jogava há dois meses. Jogou bem como nunca jogou com Paulo Autuori em seu retorno. Não vencer a Ponte Preta, que antes desta quinta-feira havia perdido as seis últimas partidas no Brasileirão, seria desastroso. Mas Paulo Henrique Ganso, assim como o São Paulo de Muricy, resolveu jogar como não jogava há muito mais de dois meses. O meia foi o dono da partida, dono da assistência para o gol de Luis Fabiano e maior responsável – ao lado do técnico – pela vitória.

    ResponderExcluir
  3. NOTICIAS DO VASCO:

    Dorival Júnior confirma Juninho como titular contra o São Paulo
    Após começar no banco contra a Portuguesa, capitão vai iniciar jogo deste domingo, em São Januário. Recuperado de lesão, Sandro Silva segue fora.

    Depois de atuar somente no segundo tempo da derrota por 2 a 0 sobre a Portuguesa, assim como havia acontecido contra o Náutico, Juninho Pernambucano vai iniciar o duelo contra o São Paulo. A confirmação é de Dorival Júnior, que não fez muito mistério para escalar a equipe que entra em campo neste domingo, às 16h, em São Januário, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca de reabilitação.
    Fagner também será outra modificação em relação ao time que perdeu em São Paulo na última quarta-feira. Ele volta no lugar de Nei após cumprir suspensão automática. Dorival voltou a destacar a importância de Juninho para a equipe, mas lembrou a necessidade de lançar mão do craque em sua melhor condição física.

    A equipe neste domingo deve ser Diogo Silva, Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Abuda, Wendel (Fillipe Soutto), Juninho e Marlone; Willie e André. Em 14º lugar, o Vasco tem 24 pontos e está a dois à frente da zona de rebaixamento. A situação é preocupante, mas serão duas partidas consecutivas em casa - depois do Tricolor Paulista, o Vitória é o rival.

    ResponderExcluir
  4. NOTICIAS DO SÃO PAULO:

    Indicando mudanças, Muricy cobra evolução: ‘Muita coisa para ajeitar’.
    Técnico diz que esquema 3-5-2 usado contra a Ponte Preta não é o ideal e pede que Tricolor tenha mais controle das partidas. Vasco é o adversário no domingo.

    Vencer a Ponte Preta por 1 a 0 (assista aos melhores momentos no vídeo) não foi o bastante para o técnico Muricy Ramalho. O treinador não escondeu que gostaria de ver uma melhor atuação do Tricolor e já adiantou que pretende mudar o esquema 3-5-2 adotado na estreia dele, quinta-feira, no Morumbi.

    Com dois treinamentos e uma partida, Muricy não acredita que tenha tantos méritos pela vitória sobre a Macaca. No entanto, reconhece que o fator psicológico possa ter pesado no rendimento diante da Macaca.
    - Não sou oportunista de tirar proveito disso ou aquilo. Sei que a torcida vem comigo, que tem o aspecto psicológico. Na nossa chegada, os caras (torcedores) estavam gritando meu nome. Os jogadores ficam surpresos. Como temos um técnico que os caras gostam tanto? É pouco tempo para dizer que está funcionando. A única coisa diferente foi que ganhamos.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: