Ir ao Topo

sábado, 4 de janeiro de 2014

BATE PAPO OFICIAL DA LOTECA 588 - SÁBADO!

A SAIDEIRA DE PRAIA DO FORTE, BACALHAU MARINANDO NO AZEITE DE OLIVA, ANTES DE IR PARA O FORNO!

AS ENQUETES ENCERRAM HOJE GALERA, PARTICIPE ==>

Bem amigos!

Chegaram quem estavam faltando, os jogos mais arretados da Loteca 588.

Como sempre acontece, não dando a mínima se o jogo é sábado, domingo, segunda, ou se vai para sorteio, a meta aqui é correr riscos, mesmo que desnecessários em alguns casos.
Investindo pouco e sonhando alto, batendo de frente com os grandes apostadores da Loteca, arriscando onde eles nem  passam perto. Aqui é faca nos dentes, se vacilar, terça-feira um deles estará na CEF recebendo a bagaça.

Boa sorte, saúde e paz, o resto a gente corre atrás!

ダイスは投げられた! 
IAÍ, VAI ENCARAR?

                KAMIKAZE DO AZ                                           NINJA AZUL DO PEDRÃO 
             DRONE DO MARTINS                                           SEPPUKU DO LUIS

39 comentários:

  1. Bom dia amigos!

    Hoje é dia de pegar a pista de volta para o "Lar Doce Lar". Vamos aproveitar a manhã, almoçar um delicioso bacalhau ao forno com batatas, azeitonas e muito azeite de oliva, feito por minha cunhada, e fazer a tradicional siesta dos sábados antes de retornar para SSA.

    Hoje a cerveja vai dar um tempo, pois álcool não combina com direção...hehe!

    Boa sorte e ótimo sábado para todos!

    ResponderExcluir
  2. Quanto aos jogos dos Kamikazes, hoje à noite posto os demais jogos da "esquadrilha".
    Antes de vir para Praia do Forte, fiz essa postagem e deixei reservada nos rascunhos, além do meu joguinho feito com antecedência, só o Pedrão havia enviado o "Ninja Azul".

    ResponderExcluir
  3. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 06 - PALMEIRAS/SP 0 X 0 FLUMINENSE/BA

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 06 - PALMEIRAS/SP 1 X 0 FLUMINENSE/BA

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Raios / Trovões e muita chuva para todo lado aqui em Piracicaba/sp

    ResponderExcluir
  6. Fim de primeiro tempo em São Carlos! Sem acréscimos. 1 a 0 para o Verdão diante do Fluminense de Feira com gol de Erik.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite a todos, tudo bem Martins, Ednaldo estou aqui na torcida vamos em busca nos 14 pontos um abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo na paz Roberto, Boa sorte para vc também.

      Excluir
  8. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 06 - PALMEIRAS/SP 1 X 0 FLUMINENSE/BA / 2º Tempo

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Quase o Goleiro do Porco entrega o Jogo.

    ResponderExcluir
  10. O Palmeiras está jogando muito mal que droga vamos verdão para cima deles que coisa hein quase tomou o gol.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. RESULTADO FINAL - UFAAA-

    JOGO 06 - PALMEIRAS/SP 1 X 0 FLUMINENSE/BA

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 11 - FLUMINENSE/RJ 0 X 0 CONFIANÇA/SE

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. O Fluminense deve vencer essa partida vamos esperar mas é favorito vamos esperar o fim da partida pois é só o começo.

    ResponderExcluir
  15. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 11 - FLUMINENSE/RJ 1 X 0 CONFIANÇA/SE

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. boa noite, meus queridos amigos...Ed, enviei o seppuku. to retado pq não deu tempo de fazer meu jogo particular...o horario de verão me enganou.Roberto, pedrão, martan, grande abraço.esta semana to me mudando....enfim saindo da casa da sogra...oh sardade...mas to sem internet....a partir de segunda tudo volta ao normal...ah, meu joguim sem fazer...tomara que não dê.kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz 10 Anos que eu moro com a Sogra se eu for embora ela chora rsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
  17. Olá Luis amigo sem problema pois deixei um comentário na sua página vamos em busca dos 14 pontos.

    ResponderExcluir
  18. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 11 - FLUMINENSE/RJ 1 X 0 CONFIANÇA/SE 2º Tempo

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. jogo ao vivo na rede vida. valeu roberto...eu vi. martan , minha sogra chora mas eu agora acordo de frente a uma pequena cadeia de montanhas linda.kkk

    ResponderExcluir
  20. os jogadores "podinhos" do confiança tá caindo atoa.

    ResponderExcluir
  21. JOGO EM ANDAMENTO LOTECA 588 -

    JOGO 11 - FLUMINENSE/RJ 4 X 0 CONFIANÇA/SE 2º Tempo

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. RESULTADO FINAL

    JOGO 11 - FLUMINENSE/RJ 4 X 0 CONFIANÇA/SE

    http://lotecaesportiva14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. grande abraço , amigos...fui...só devo voltar segunda ou terça pois to nas montanhas e sem internet....o cara ainda não instalou pq ele disse que não é alpinista.kkkk

    ResponderExcluir
  24. Ed, seppuku já ta na area mas apaga o codigo de barras por favor...e a numeração abaixo do nome loteca.valeu e abraços....vou escalar a montanha ali.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só não desço de esqui pq não tem neve e nem sou schumaker( sapateiro em alemão)

      Excluir
  25. Não judie do schume pq ele só se ferrou pq foi ajudar uma menininha....chuif!!!

    ResponderExcluir
  26. PESSOAL. O FLUMI APESAR DAS VAIAS GOLEOU O DESCONFIANÇA E O PALMEIRAS GANHOU DE 1 A 0... PORCO...POUCO NÉ? RSRSRSR
    FECHA E PASSA A REGUA

    ResponderExcluir
  27. FOLHA: "Clubes podem recorrer à Justiça comum? SIM A hora de o Judiciário entrar em campo Por volta de 1721, o jusfilósofo Montesquieu publicou as famosas "Cartas Persas". Utilizou um raro expediente literário concebido pelo genovês Giovanni Paolo Marana a imaginar um islâmico em Paris. Por cartas, esse islâmico descrevia, aos familiares na Pérsia, as suas impressões sobre o sistema constitucional francês, a política e o cotidiano. Usado o gancho epistolar, seria difícil a um remetente de passagem pelo Brasil convencer o destinatário sobre haver sido justa a decisão não judiciária que despachou a Associação Portuguesa de Desportos para a segundona. Num jogo para cumprir tabela e a entrar em campo já classificada para permanecer entre os times da elite do futebol brasileiro, a Portuguesa --sem dolo e por falta de regular aviso da CBF-- colocou o jogador reserva Héverton nos minutos finais da disputa que findou empatada com o Grêmio. Em toda partida do chamado Brasileirão, há obrigatório comparecimento de um representante legal da CBF. A propósito e no jargão ludopédico, esse mandachuva de gravata e com direito a simbólica mesa próxima à linha lateral do campo, conferiu as suas anotações e autorizou a entrada de Héverton. O certo é que ele deu o seu "nihil obstat". Depois dessa partida e da queda do Fluminense, duas instâncias da denominada Justiça Desportiva da CBF, que é uma pessoa jurídica de direito privado, sancionaram a Portuguesa. Isso com desproporcionalidade visível quando feito o cotejo dos critérios sancionatórios: quatro pontos perdidos com rebaixamento e baixa multa de R$ 1.000. Nos dois julgamentos desportivos, e não judiciais, concluiu-se ter Héverton ficado fora de apenas uma partida, quando o correto teria sido de duas. Em síntese, a Portuguesa foi rebaixada e aplicou-se, a seco, o regulamento e o código esportivo com olvido aos princípios gerais e informativos do Direito pátrio e ao Estatuto do Torcedor. Tampouco se aplicou subsidiariamente as regras da Fifa, todas favoráveis à Lusa. Em cláusula pétrea, a nossa Constituição republicana estabelece não se poder excluir da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça de lesão a direito. Assim, resta à Portuguesa buscar um provimento jurisdicional, ou melhor, bater à porta do Poder Judiciário. Por evidente, serão chamados para integrar a lide processual todos os litisconsortes. As decisões desportivas foram míopes e despreocupadas quanto ao justo. Em definição que guarda atualidade, o jurista Celsus disse ser o Direito a arte (técnica) do bom e do justo. Daí, foram cunhados vários alertas. Por exemplo e em caso de interpretação meramente gramatical, e não lógica e sistemática, o "summum jus, summa injuria": a aplicação de um regulamento ou lei em excesso gera injúria excessiva. Trocado em miúdos, houve com a Portuguesa interpretação e sanção excessivas. Tudo diante das circunstâncias fáticas e da ausência de dolo. Nem venha com o "dura lex, sed lex", com que se preconiza dever a lei ser aplicada ainda que imoral ou injusta. Essa máxima, da preferência do insensível inspetor Javert, de "Os Miseráveis" de Victor Hugo, serviu, embora não referida expressamente, como embasamento das decisões do Conselho e do Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. Quando um maior de idade furta uma bala no supermercado, comete infração de bagatela. O inquérito é arquivado e, assim, incogitável a aplicação de pena. Numa partida de futebol sem significado entre Portuguesa e Grêmio, chegou-se ao cúmulo da perda de quarto pontos (três pontos a título de sanção e um pelo jogo empatado), algo desproporcional, injusto, mas, atenção, na exata medida para levar à queda da Lusa para a segunda divisão. Mas, resta o Judiciário".

    ResponderExcluir
  28. Maracanã é Maracanã No livro “A História do Brasil em 50 frases” (Ed. LeYa), Jaime Klintowitz traz uma frase famosa de Pelé: “Maracanã é Maracanã. Uma vitória ali vale por duas em qualquer outro estádio do mundo.”
    Pelé jogou no estádio pela primeira vez em 1957, contra o Flamengo. O Santos perdeu de 4 a 0.

    ResponderExcluir
  29. "O caso da Portuguesa e a Constituição Ives Gandra Martins Durante os trabalhos constituintes, tendo participado de audiências públicas e escrito com Celso Bastos, pela Saraiva, os comentários ao texto supremo, em 15 volumes e mais de 12 mil páginas, foi-me possível perceber que a questão dos princípios constitucionais tornou-se o elemento de maior preocupação dos nossos primeiros legisladores.Embora adiposa e repleta de normas e regras – muitas delas sem densidade para figurar na lei maior –, o equilíbrio de poderes e o elenco de princípios tornaram-se pontos nevrálgicos que fizeram da Carta Magna de 1988 a mais democrática das nossas Constituições. Entre os princípios implícitos e explícitos da lei das leis, está o princípio da razoabilidade, que, à evidência, como se percebeu no caso da Lusa, foi amplamente ignorado. Como considerar que não fere a razoabilidade o fato de, após um campeonato de 38 jogos, 3.420 minutos jogados, em partida sem qualquer relevância, pois a Portuguesa já não mais corria risco de rebaixamento, a entrada em campo de um jogador, por 12 minutos apenas, tivesse o condão de rebaixar um time que mereceu em campo continuar na primeira divisão para colocar outro, que perdeu em campo o direito de nela permanecer, sob a alegação de que aquele jogador estava em situação irregular?E tudo porque – ao contrário do que ocorre na Justiça comum, em que as decisões passam a valer APÓS A INTIMAÇÃO FORMAL DAS PARTES e PUBLICAÇÃO DAS DECISÕES – o advogado da Portuguesa estava presente ao julgamento, para produzir sustentação oral, considerando, a justiça esportiva, que esse fato dispensava a regular intimação da decisão. Estranhamente, esse cidadão disse ter comunicado à Portuguesa o teor do julgado, à noite, por telefone, SEM QUALQUER PROVA DE QUE O HOUVESSE FEITO. Note-se que essa prova seria de fácil produção, bastando mostrar o registro telefônico da chamada supostamente feita para o número da Portuguesa ou de seu representante!!!O ferimento não apenas ao princípio da razoabilidade mas também ao da publicidade, neste caso, está demonstrado por cinco evidências:1) a comunicação oficial só foi feita na 2ª-feira, após o jogo;2) o site da CBF só publicou a decisão na 2ª- feira, após o jogo;3) em situação rigorosamente idêntica, o Fluminense foi declarado campeão brasileiro, não obstante um de seus jogadores ter disputado irregularmente partida, após receber cinco cartões amarelos;4) nenhum representante da CBF acusou, quando da entrada em campo do jogador da Portuguesa, que ele estava suspenso;5) o estatuto do torcedor, que é lei publicada depois de um mero ato administrativo interno (Código Desportivo), exige QUE HAJA NOTIFICAÇÃO ONLINE.Creio que a absurda decisão – criticada pela esmagadora maioria da imprensa, pelo presidente da CBF, pelo ministro dos Esportes, por juristas de maior expressão no país – tem um aspecto positivo, ou seja, levar ao repensar sobre as arcaicas e feudais estruturas da Justiça Desportiva, que devem ser mudadas para exigir que os juízes sejam escolhidos mediante concurso público, e não sejam mais dinasticamente mantidos, como senhores da vida e da morte, no futebol brasileiro.Quanto à Lusa, ela pode e deve recorrer a Justiça Comum, por força do artigo 217, § 1º, da CF, que declara:“§ 1º - O Poder Judiciário só admitirá ações relativas à disciplina e às competições desportivas após esgotarem-se as instâncias da justiça desportiva, regulada em lei"e do artigo 5º, inciso XXXV, cuja dicção é a seguinte:“XXXV – a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito;”Somente a Justiça Comum pode recolocar em ordem o futebol, assegurando que as vitórias sejam conquistadas em campo. Para gáudio dos torcedores, através dela poder-se-á arejar, de vez, o bunker atual dos que decidem, nos bastidores, os destinos do nosso futebol. Ives Gandra Martins é jurista".

    ResponderExcluir
  30. Bom dia amigos!

    Chegamos em casa ontem à noite por volta das 20:00h, muito cansado por não ter tido condições de fazer a tradicional siesta dos sábados, pois chegou uma família de capixabas amigos do meu sobrinho em Praia do Forte, e rolou um papo legal, inclusive havia entre eles um lotérico, que me disse que infelizmente as apostas diárias da Loteca são mínimas, não chegando nem à 30 reais...lamentável!

    E a CEF nada faz para mudar esse triste quadro, que é bastante comum Brasil à fora!

    Aos poucos vou colocando o AZ nos "trinques"...hehe!

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: