Ir ao Topo

domingo, 2 de março de 2014

BATE PAPO OFICIAL DA LOTECA 596 - DOMINGO!

Bem amigos!

Aqui em Praia do Forte estou impossibilitado de postar a tabela original do AZ com os resultados dos jogos da Loteca 596. Na verdade, só vou poder atualizar completamente o blog à partir da próxima quarta-feira à noite quando estiver em casa.
Vendo o resultados dos 14 jogos, apenas 03 colunas um, somadas a várias Zebras e Surpresas, na opinião do PVL do AZ,  a bagaça tem chances de acumular.

Antes do Aposte na Zebra surgir e mudar a mentalidade dos apostadores da Loteca, não teria nenhuma dúvida quanto a isso, só que agora não existem mais bobinhos apostando, os pequenos investidores arriscam mais, os sites e blogs do ramo  que no máximo indicavam um DF por concurso nos chamados times "grandes", estão cada vez mais seguindo o lema do AZ, sendo mais arrojados e arriscando mais nas Zebras, alguns deles por orgulho nunca irão admitir, mas se pararem para refletir, verão que não jogam mais como antes.

Os grandes bolões continuam sofrendo com as Zebras, investindo alto, mas jogando secos nos mesmos times "Favoritos" de sempre, não arriscam Zebras nesses jogos porque jogam com dinheiro de vários investidores e não podem correr riscos demais. É como se fosse um time de futebol armado taticamente para não perder, sempre na defensiva, esperando um golpe de sorte para tentar ganhar o jogo por 1x0...imaginem aí quantos desses bolões farão 13 pontos por causa da derrota do Botafogo para o Macaé...hehe!

Na Loteca tudo é possível, costumo dizer isso aqui nos concursos mais difíceis, portanto não será surpresa se aparecer algum sortudo nascido com o bumbum virado para a lua e levar a bagaça sozinho ou com outros felizardos.

Vamos ver o que dizem o Allan e o Ademir quanto ao número de ganhadores para 14 pontos, se é que eles existem...hehe!

Clique na imagem para ampliar!
CORTESIA DO MEU AMIGO MÁRIO FILHO
DO APOSTE NA SORTE

A MAIOR FESTA DO PLANETA!

O MELHOR CARNAVAL DO MUNDO!
SALVADOR - BAHÊA

32 comentários:

  1. Se vocês pensam que o Hernane é Fred

    O Hernane não é o Fred, não

    Hernane broca o ano inteiro,

    E o Fred só na seleção

    ResponderExcluir
  2. Bom dia galera do bem!

    E as chuvas continuam aqui em Praia do Forte, temos um churras programado para hoje, mas parece que vamos ter que adiar para amanhã ou terça-feira...hehe!

    Ei Luis, atende o celular mermão!

    Boa sorte e ótimo domingo de carnaval para todos!

    ResponderExcluir
  3. Bom Dia Ed e Amigos!

    "Parece" que quem um colega que frequenta o JP que esta vivo para 14, se tiver boa sorte a ele.

    ResponderExcluir
  4. Só mesmo você, amigo Ed, para, em sua santa e injustificável ira e sanha anti-rubro-negra, gastar um triplo (!!!???!!!!) no jogo do sagrado Mengão contra o ...Nova Iguaçú!
    Ai ai...
    Credito sua aversão às nossas abençoadas cores à rivalidade com o local Vitória.
    Simpático co-irmão com quem o Mengão compartilha afinidades, tal como o faz, aliás, na Bahia, com o tricolor de aço (o teu Bahêa) e com o Flu de Feira de Santana.
    No entanto outros pretensos rubro-negros há que sequer ontologicamente rubro-negros não são. vide um certo timeco genérico do Recife...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É VERDADE....EU NÃO CONFIEI NO FOGUINHO E POR ISSO FUI DE + GOLS E ME DEI BEM MAS NO MENGO EU FUI DE COLUNA 1 NAS BETS E GANHEI 1500,00 rrsrsrsr

      Excluir
    2. Procuro sempre apostar nas Zebras menos prováveis Macedo...hehe!

      Excluir
  5. Crônica do Ugo Giorgetti n'O Estado de SP:
    Pouco a pouco
    No dia 5 de janeiro de 1960 estávamos, eu e meu amigo Roberto Rugiero, sentados nas gerais do Pacaembu para ver Palmeiras x Santos, na decisão do Campeonato Paulista. O Santos entrou com Dorval, Urubatão, Coutinho Pelé e Pepe. O Palmeiras com Julinho, Romeiro, Américo, Chinesinho e Géo. Havia 38.000 pessoas no estádio, ninguém sabia quem era santista ou palmeirense. Não havia ninguém com camisa de clube, não havia uma única bandeira, não havia nenhum grupo que se diferenciasse dos torcedores normais. Tudo era de uma simplicidade chocante para um jogo daquela importância. Basta dizer que, atrás de nós, assistiam ao jogo alguns jogadores do Palmeiras que não iriam atuar, entre eles o grande Enio Andrade.
    O jogo terminou empatado, saímos todos do Pacaembu pelos mesmos portões, palmeirenses e santistas, e fomos cuidar da vida. Que tinha acabado de ser enriquecida por momentos de beleza, habilidade e arte.
    Notei que tudo tinha mudado muitos anos depois. Numa manhã de sábado atravessando a Praça Dom José Gaspar, na altura dos fundos da Biblioteca Mario de Andrade, vi cinco ou seis fortes marmanjos, todos vestindo camisa de um clube grande, cercando um franzino rapaz, ele também vestindo a camisa de um clube grande e rival. Estava acompanhado da namorada, igualmente pequena e frágil. Aos trancos os marmanjos obrigaram o rapaz a despir e lhes entregar a camisa. Formam embora com ela como se carregassem um troféu. O rapaz ficou ali na praça, nu da cintura para cima, olhando para o chão, profundamente humilhado, sem levantar os olhos para a namorada. As pessoas passavam e não faziam nada. Eu também tinha olhado tudo e não fiz nada.
    Por muito tempo a imagem daquela prepotência me acompanhou. O que tinha acontecido para uma mudança tão grande? Como as coisas tinham mudado e eu não percebi? Fui cuidar dos meus assuntos e pouco a pouco o futebol continuou sendo, apesar das evidências, aquele que eu tinha visto em janeiro de 60. Só tomei um novo e violento solavanco quando começamos a matar. Quando pessoas começaram a ser assassinadas a caminho ou voltando dos estádios, aqueles mesmos estádios em que entravam todos misturados há tão pouco tempo. Quem são essas pessoas que matam?
    Passei esta semana dentro de um estúdio de filmagem. Na equipe havia eletricistas, maquinistas, contrarregras, ajudantes, todos gente do povo. A maioria corintianos, claro, mas havia são-paulinos, palmeirenses e santistas. Fiquei ouvindo conversas, gozações, discussões acaloradas. No fim todos riam e recomeçavam o trabalho. Ninguém ali estava entre os que agridem e matam. E, no entanto, eram gente do povo. Concluí então que aquela gente que ia, lado a lado, na geral do Pacaembu em 1960, ainda existe! E estou certo de que são maioria.
    Quem então são esses que matam a pau, massacram a bastonadas, como homens da pré história? Como deixamos as coisas chegarem a tal ponto? Como ninguém fez nada? Não sei, mas acho que, no fundo, tudo se resume na minha atitude passiva quando vi o garoto tendo de entregar a camisa, em pleno centro da cidade, tantos anos atrás. Desconfio que as mortes no futebol sejam resultado de uma atitude muito nossa, brasileira. Os poetas sabem disso, são sempre deles as definições precisas. Por isso me permito citar um dos grandes poemas da minha geração. Tem por título "No caminho com Maiakovski", o autor é Eduardo Alves da Costa.
    "Na primeira noite eles se aproximam/ e roubam uma flor do nosso jardim./E não dizemos nada./Na segunda noite, já não se escondem./Pisam as flores,/ Matam nosso cão,/ E não dizemos nada./ Até que um dia/O mais frágil deles/Entra sozinho em nossa casa,/Rouba-nos a luz e,/Conhecendo nosso medo,/Arranca-nos a voz da garganta./ E já não podemos dizer nada".

    ResponderExcluir
  6. Recordando, e informando aos que não sabem: amanhã é Natal na Nação Rubro-Negra, Zico, o Galinho, completa 61 anos.

    ResponderExcluir
  7. Cristian está desde 2009 no Fenerbahçe, onde conquistou o coração da fanática torcida turca. Na camisa, ele leva o sobrenome Baroni, que não veio do berço - é de Edílson Baroni, ex-Palmeiras e campeão mundial com o Flamengo. Baroninho, como era conhecido em seus tempos de atacante, foi quem descobriu o talento e se tornou uma figura paterna para o volante. A relação é tão próxima que Cristian entrou para a família, se casou com a filha do ex-jogador, e o levou para a Turquia, onde trabalha como treinador das divisões de base do Fenerbahçe Dono de um potente chute, Baroninho defendeu o Palmeiras por cinco anos, mas sua carreira tem uma passagem incrível pelo Flamengo. Emprestado ao rubro-negro carioca em 1981, ele foi campeão três vezes no mesmo ano: Ganhou o Mundial de Clubes, a Taça Libertadores, com gol de falta sobre os bolivianos do Jorge Wilstermann, e o Campeonato Carioca. Baroninho se aposentou em 1988, jogando pelo Noroeste de Bauru, e abriu uma escolinha na cidade do interior paulista. Foi lá que ele conheceu Cristian, há 15 anos. Cristian era um menino bem pobre de Minas. Eu precisava de jogadores. Vieram muitos jogadores de todo o Brasil e o Cristian foi um deles. Vi que ele tinha um potencial grande e eu podia segurá-lo. O namoro com Camila, filha do ex-jogador, se estreitou, virou casamento, e Baroninho passou de descobridor a sogro de Cristian. Desde aquele tempo a confiança mútua cresceu, e o treinador passou a acompanhar a carreira do volante de perto pelo Flamengo e Corinthians. Cristian demonstra muito carinho pelo sogro, a quem considera um verdadeiro pai, dizendo que ele o afastou das más influências e colaborou decisivamente para o sucesso de sua carreira profissional.- Ele representa tudo, me ensinou a ser homem, ter caráter. Hoje eu sou o que sou, agradeço muito a ele, porque eu vim de família humilde, de favela, de coisas de morte, de droga. E ele me tirou disso. Quando eu fui para casa dele, eu só vivia em meio de coisas ruins. De droga, de morte, de roubo... meus amigos todos são... hoje, não são vivos. Ele é uma pessoa muito exigente com essas coisas, que não gosta de nada errado, procura passar só coisas boas. E a gente tenta pegar o que é de bom e levar para vida. Foi o que aconteceu comigo - disse Cristian.E é por essa relação forte que Cristian resolveu adotar o sobrenome de Baroninho e trazê-lo para a Turquia para ficar mais perto do resto da família.- É um carinho mesmo, eu tenho pai, eu tenho mãe. Mas na realidade, quando eu conheci o Baroni minha vida mudou muito. Em todos os sentidos. E foi para uma coisa melhor. Eu colocando o nome dele, eu acho que ele ia ficar feliz, né, porque ele tem duas filhas e me trata como filho. Eu não chamo ele de sogro, nem ele (me chama) de genro. A gente trata como pai e filho mesmo e ele me cobra como pai.Eu chamo ele de pai. Falar do Baroni, para mim, é uma felicidade muito grande... Porque o que ele me ajudou sem ter interesse nenhum de nada (chora). Me ajudou porque ele gosta de mim mesmo. Quando a gente vive no meio da bola, tem muitas pessoas interesseiras em todos os sentidos, querem se aproveitar da situação. Ele me ajudou sem ter interesse nenhum, de nada. A gente passou muitas dificuldades, muitas coisas ruins. E ele sempre do meu lado me ajudando. Então, para mim, não tem preço ele estar do meu lado.O orgulho de Cristian em carregar o nome de Baroninho é latente, mostrando a bonita relação paterna entre os dois.- Eu coloquei o nome dele... Não significa muito para outras pessoas, mas para mim significa muito. Que eu vejo que aqui em Istambul todo mundo me chama de Baroni. Ninguém me conhece muito como Cristian. E eu sinto que ele fica feliz com isso. E a felicidade dele é a minha felicidade! Se ele me vir na rua e eu estiver passando frio, com certeza ele tira a roupa dele e me dá. Ele me trata como um filho mesmo. Então, para mim, não tem preço mesmo - afirmou o jogador.Baroninho trabalhava como técnico nas divisões de base do Santo André. Graças ao genro, acabou se tornando treinador das categorias de base do Fenerbahçe.

    ResponderExcluir
  8. Meu primeiro prêmio da LOTECA, 13 PONTOS.
    http://lotecacorrendoatrasdaszebras.blogspot.com.br/2014/03/loteca-596-13-pontos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Raphael, sinal que os 14 estão bem próximos...hehe!

      Excluir
    2. Para mim fica facil falar isso agora mas como bom corintiano que sou quando vi o jogo capivariano x mirassol logo pensei na goleada do mirassol frente ao palmeiras, mas analisando o jogo era o lider do campeonato jogando em casa contra o 5º colocado, fui na logica.

      Excluir
  9. Ola boa noite sou novo aqui no AZ..
    Sou fã de vcs...Sempre ajudando a quem tenta a sorte na loteca, parabéns ao AZ..
    Sera quantos ganhadores com 14 pontos. Alguem ai sabe informa ???

    ResponderExcluir
  10. Galera, chego neste momento de uma curta viagem de carnaval e amanhã embarco para uma viagem mais longa, de 2 semanas, fora do Brasil. Portanto, provavelmente entrarei pouco na internet nos próximos dias.

    Pelos meus cálculos, a probabilidade de 1 ganhador é de 39,8%, de 0 ganhador é de 33,6% e de 2 ganhadores ficou em 17%. Estes números obtive pelos percentuais de apostas em cada coluna. Porém, colocando uma variável importante e significante, que foi o número de resultados em cada coluna, cheguei a outros números. Por ter dado apenas 3 colunas um e a coluna dois ter superado a coluna do meio, coloco 2 ganhadores abaixo de 10%, portanto improvável. Inverto a tendência de um ganhador (26,9%) para acumulação (67,2%), porém mantendo a possibilidade de um ganhador.

    PARA 14 PONTOS, DE 0 A 1 GANHADOR, COM MAIOR PROBABILIDADE DE ACUMULAÇÃO.

    PARA 13 PONTOS, CALCULO DE 6 A 11 GANHADORES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um destes acertadores de 13 pontos é nosso colega Raphael. Parabéns, cara. Este concurso foi muito dífícil de acertar.

      Excluir
    2. Valeu Allan!

      Boa viagem e na medida do possível continue participando dos comentários aqui no AZ.
      Acho estranho a gente ter muitos acessos do exterior, e ninguém postar um comentário sequer, vamos tirar essa dúvida com você.

      Deus te acompanhe!

      Excluir
    3. Valeu, Ed. Vou tentar sempre postar. Vou, entre outras coisas, viajar para comprar o enxoval para minha filha, que nascerá em junho. Só tenho uma dúvida. Quando se tem o primeiro bebê aos 43 anos, na realidade estará se ganhando um filha ou uma neta? kkkkkkkkkk

      Excluir
    4. Parabéns Allan!

      Ser pai é maravilhoso em qualquer idade, aos 45 anos ganhei um presente de Deus, minha princesinha hoje com 14 anos é o dengo da família.
      Quando alguém se atreve a perguntar se ela é minha neta, ela nem deixa eu falar e responde imediatamente "eu sou filha dele"...hehe!

      Deus abençoe e proteja você, sua esposa e especialmente a sua filhinha que mesmo antes de nascer, com certeza já é a alegria da família.
      Toda felicidade do mundo para vocês!

      Excluir
    5. Obrigado Ed, pelos seus lindos dizeres. Desde que eu entrei pela primeira vez no seu blog, já deu perceber a excelente qualidade de pessoa que você é, mesmo sem te conhecer pessoalmente. Se ser pai, vai me transformar na pessoa e no pai que você sempre demonstrou ser, estou ainda mais animado e ansioso para chegar o dia. Valeu mesmo!

      Excluir
  11. Valeu Allan Fonseca pelo seu calculo, alias muito bem explicado,
    Era bom ela acumula, mas acho dificel viu.
    Quero parabenizar nosso colega Rafhael Lucio pelos 13 pontos fez sua aposta com ousadia e conquistou os 13 pontos..
    Vamos continuar a luta com as zebras da loteca um dia nós chegamos la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Jackson!

      Seja bem vindo ao AZ "mermão", fique à vontade para comentar aqui na "Savana Brasileira". Amizade e respeito é a nossa tônica no bate papo diário entre os amigos.

      Abraço e boa sorte!

      Excluir
    2. Valeu Ed pela recepção...
      Tenho certeza que com a ajuda de vcs meus palpites vão ser bem melhor..
      Vamos que vamos que a gente chega la nos 14 pontos..

      Abraço

      Excluir
  12. Galera, perdoem aí a minha demora em comentar com vocês, é que a internet aqui na área de desovas das tartarugas está muito lenta...hehe!

    ResponderExcluir
  13. Vixe mainha!

    Já passou e muito da hora de dormir, a siesta hoje foi mais prolongada, por isso estou sem sono...hehe!

    Fiquem todos com Deus!

    ResponderExcluir
  14. ED, CUIDADO PRA NÃO PEGAR A MANIA DE PREGUIÇA DAS TARTARUGAS....

    ASSIM O NEGOCIO AQUI VAI FICAR MAIS LENTO DOQUE JÁ ESTÁ...

    E NÃO PISE NAS BICHINHAS NEM COMA SEUS OVOS, GULOSO..KKK

    ResponderExcluir
  15. ACHO QUE ESSA LOTECA TEM TUDO PRA ACUMULAR ...

    MUITAS COLUNAS 2 E DO MEIO.....ALÉM DO QUE A ARRECADAÇÃO FOI BAIXA DEVIDO AO CARNAVAL

    VAMOS TORCER PRA ACUMULAR!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FLORI, PERGUNTEI AO ED SEU TELEFONE E SE VC ESTAVA EM SALVADOR...IA TE CHAMAR PRA VER O ED EM PRAIA DO FORTE MAS OUVI DIZER QUE VC É UMA PERSONAGEM DE ESTORIAS EM QUADRINHOS: O FANTASMA

      Excluir
  16. ENCERRADO O FERIADO DE CARNAVAL, VAMOS AOS NÚMEROS DA LOTECA 596:

    ARRECADAÇÃO BRUTA: R$ 1.998.953,00

    APOSTAS EM JOGO: 3.997.906

    VALOR LÍQUIDO AGREGADO AO ACUMULADO 596: R$ 374.923,00

    PRÊMIO 14 PONTOS: R$ 1.031.636,06

    PRÊMIO 13 PONTOS: R$ 80.340,70

    DE ACORDO COM OS PERCENTUAIS PESQUISADOS, A CONTA FINAL FICOU EM 0,76 APOSTAS, INDICANDO O SEGUINTE:

    PARA 14 PONTOS: DE 00(ZERO) A 02(DOIS) GANHADORES.

    PARA 13 PONTOS: DE 22 A 36 GANHADORES, COM N° MÉDIO DE 30(TRINTA).

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: