Ir ao Topo

terça-feira, 25 de março de 2014

9 comentários:

  1. Após queda na Copa Verde, Remo dispensa quatro jogadores.

    Entre os demitidos estão os zagueiros Henrique e Rogélio, o volante Bruno Arrabal e o meia Teddy.

    “Estes quatro jogadores não estavam tendo um aproveitamento dentro do elenco. Estávamos precisando enxugar a folha salarial e comunicamos a todos sobre esta necessidade. Mas acertamos tudo o que era devido”, explicou o diretor de futebol Thiago Passos.
    Nesta quarta-feira, o Leão tenta esquecer a eliminação na semifinal da Copa Verde para focar no Paraense. Nesta quarta-feira (26), o time recebe o São Francisco, no Mangueirão. No returno, o time azulino ocupa apenas a quinta posição, com dois pontos.

    ResponderExcluir
  2. PARAENSE: Paysandu tenta se manter na ponta, e Remo quer primeira vitória...Paragominas e Santa Cruz fazem o confronto dos últimos colocados da competição.

    Belém, PA, 25 (AFI) – Paysandu e Remo entram em campo nesta quarta-feira com objetivos diferentes. Enquanto o Papão da Curuzu quer a terceira vitória para se manter na liderança, o Leão Azul tenta vencer a primeira no segundo turno da competição. As quatro partidas, válidas pela 4ª rodada, serão realizadas nesta quarta-feira, às 20h30.

    Jogando no Parque do Bacurau, o Paysandu enfrenta o Cametá. Na liderança com 7 pontos conquistados, o Papão quer mais uma vitória para se manter isolado na ponta. Já o Cametá, 4º colocado com cinco pontos conquistados, quer os três pontos para ultrapassar o rival e, quem sabe, terminar a rodada na liderança da competição.

    No Mangueirão, o Remo recebe o São Francisco. Sem nenhuma vitória no Paraense, com apenas dois pontos e na 5ª posição, o Leão Azul quer os três pontos para entrar no G4. Já o São Francisco, 3º colocado com seis pontos, tenta mais uma vitória para se manter nas primeiras posições.

    O Independente recebe o Gavião Kyikatejê no confronto de opostos da rodada. Enquanto o time mandante está na segunda posição com seis pontos conquistados, o time de índios ainda não venceu na competição. Na 6ª posição com dois pontos, o Gavião quer a primeira vitória para colar nos primeiros colocados.

    A última partida da rodada será entre os desesperados Paragominas e Santa Cruz. Os dois times ainda não venceram na competição e ocupam a lanterna e vice-lanterna da competição, respectivamente. O Paragominas perdeu as três primeiras, e o Santa somou apenas um ponto.

    ResponderExcluir
  3. SOBRE O REMO:
    Com oito desfalques certos para o duelo contra o Leão mocorongo, além das quatro dispensas anunciadas nesta segunda-feira, o goleiro Jader, o zagueiro Igor João, o volante Warian Santos e o atacante Rony estão relacionados para o confronto junto com o meia Rodrigo, que estava em litígio com a diretoria do Remo, mas voltou atrás. O quinteto de promessas da base fez parte da grande campanha azulina na Copa do Brasil Sub-20.
    Por conta das ausências de três laterais – Diogo Silva e Alex Ruan no DM e Rodrigo Fernandes suspenso –, o volante Jhonnatan poderá atuar na lateral-direita, com Levy fazendo a função pela esquerda. Outra possível alteração é no setor ofensivo, que pode contar com três atacantes e um meia de ligação. Uma provável escalação contra o São Francisco é: Fabiano; Jhonnatan, Raphael Andrade, Max e Levy; Dadá, Ilaílson e Rodrigo; Zé Soares, Leandro Cearense e Leandrão.

    ResponderExcluir
  4. UFA, AINDA BEM....SOBRE O RE-PA( OBRIGADO VANDICK):
    O presidente do Paysandu, Vandick Lima, recusou a proposta de Zeca Pirão, mandatário máximo do Clube do Remo, de adiar o sexto clássico Re-Pa do ano, marcado para o próximo domingo, pelo Campeonato Paraense. A justificativa azulina é de que Leão e Papão vêm fazendo confrontos seguidos pelo Estadual e Copa Verde, o que poderia atrapalhar na arrecadação do jogo do final de semana.
    - Temos um calendário cheio pela frente e não podemos mexer nesses jogos agora. Ele (Pirão) conversou comigo e pediu para adiarmos a partida, pois estão acontecendo muitos Re-Pa´s seguidos. A posição do Paysandu é manter a partida no domingo. Não aceitaremos adiamento – disse, em entrevista ao Jornal Amazônia.

    ResponderExcluir
  5. Muitos re-pa's nada ... eles tao eh com medo do papao da curuzu!!!
    Kkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Paysandu goleia, segue líder e vê Remo longe da ponta. Quatro jogos movimentaram a quarta rodada da Taça Estado do Pará nesta quarta-feira.

    Paraense - Nesta quarta-feira foi realizada a quarta rodada da Taça Estado do Pará, segundo turno do Campeonato Paraense. Foram realizadas quatro partidas e o Paysandu manteve-se na liderança após mais uma vitória, dessa vez, em cima do Cametá. O Remo empatou com o São Francisco e segue sem vencer no segundo turno.
    O Papão jogou fora de casa e não tomou conhecimento do Cametá. A partida terminou com o placar de 3 a 0. Os gols foram marcados por Djalma, Lima e Jô. A equipe de Belém chegou aos dez pontos em quatro jogos, e é líder isolada. Já o Cametá, segue com cinco pontos, na quarta colocação.

    O Remo segue sua sina de não vencer no segundo turno, e empatou, em casa, a terceira partida seguida. A partida diante do São Francisco terminou com o placar de 1 a 1. Boquinha abriu o placar para os visitantes e Roni garantiu o empate do Leão. Com três pontos em três partidas, o Remo é o sexto colocado. O São Francisco é o terceiro, com sete pontos conquistados.

    O Independente passou pelo Gavião Kyikatejê pelo placar de 1 a 0. O gol foi marcado por Wegno. O Galo Elétrico é o vice-líder da competição, com nove pontos. Já a equipe de origens indígenas é a vice-lanterna, com apenas dois pontos.

    O Paragominas venceu o Santa Cruz de Cuiarana de virada, por 2 a 1. Rafael Paty abriu o placar e Magno e Buiu reverteram o resultado a favor do Jacaré do Norte. Com três pontos, o Paragominas é quinto colocado. O Santa Cruz é o lanterna, com apenas um ponto.

    ResponderExcluir
  7. Esse Paysandu do ano do Centenário é muito chato, faz tudo certinho, não vemos jogadores embriagados nas festas, ninguém se atrasa para os treinos, até mesmo os salários estão rigorosamente em dia… Bons ventos na “vela” bicolor.
    Enquanto isso, do outro lado da Almirante Barroso (pra quem não sabe os campos de Paysandu (Curuzu) e Clube do Remo (Baenão) estão localizados praticamente em frente ao outro, cada um de um lado da Avenida Almirante Barroso), as coisas não vão muito bem para os Azulinos do Leão. A tabela deste segundo turno nos passa a falsa imagem da realidade do Clube do Remo, pois nenhuma vitória nos últimos 08 jogos não quer dizer que o próximo jogo, frente a frente com o Papão Machão da Amazônia, será de derrota. Para alguns, SIM… Mas saibam que não há melhor remédio para crise de Remo ou de Paysandu como uma vitória em clássico. Motivação por motivação, a do Clube do Remo é muito, mas muito maior que a Bicolor… Afinal de contas já foram seis clássicos esse ano sem vitória sobre o Machão da Amazônia… Entretanto, futebol por futebol, o Papão Machão está anos-luz à frente do Leão do Baenão.
    Palpite: EMPATE (SECO).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado Essando, grande contribuição ao meu jogo. sua palavra no parazão é quase uma ordem.

      Excluir
  8. O REMO CHEGA NO CLASSICO A 9 JOGOS SEM GANHAR,ESSEANO JÁ FORAM 5 CLASSICOS REXPA, 2 VITORIAS DO PAPÃO E 3 EMPATES,O PAPÃO VEM COMPLETO P JOGO,JÁ O REMO VEM DE TÉCNICO NOVO,MAS UNS 06 JOGADORES CONSIDERADOS TITULARES AINDA SE RECUPERAM DE DENGUE,MAS DEVEM JOGAR,TODAVIA,ESTÃO SEM RITMO DE JOGO. UM DUPLO FECHADO NO PAPÃO DEVE GARANTIR O ACERTO PQ O JOGO SERÁ REALIZADO ÁS 16:00 HS O QUE PROVAVELMENTE SERÁ NA CHUVA O QUE PODE COMPLICAR O BOM ANDAMENTO DO JOGO.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação!