Ir ao Topo

terça-feira, 25 de março de 2014

13 comentários:

  1. André Santos desfalca o Fla no primeiro jogo da semifinal.

    Carlos Eduardo foi o substituto contra o Bolívar, mas não teve um bom desempenho.

    Rio de Janeiro, RJ, 24 (AFI) - O lateral-esquerdo André Santos irá desfalcar o Flamengo na primeira partida contra a Cabofriense, quarta-feira, pela seminal do Campeonato Carioca. Ele sentiu dores na coxa esquerda e será poupado do jogo. Em seu lugar, entra João Paulo.

    Além de André Santos, o Flamengo terá outros dois desfalques na quarta-feira: o volante paraguaio Cáceres, com uma luxação no ombro, e o meia Elano, com dores na coxa direita.
    Com os demais jogadores no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, o treinador Jayme de Almeida comandou um treino técnico nesta segunda-feira. De acordo com indicado no treinamento, o Flamengo deve jogar a semifinal com uma formação similar à utilizada na Libertadores. A dúvida é quem jogará na vaga de Elano. Carlos Eduardo foi o substituto contra o Bolívar, mas não teve um bom desempenho, podendo dar lugar ao atacante Paulinho.

    A primeira partida contra a Cabofriense será realizada no Maracanã, quarta-feira, a partir das 22 horas. E a segunda será no mesmo local, sábado, às 18h30. O vencedor enfrentará quem se sair melhor entre Fluminense e Vasco.

    ResponderExcluir
  2. TERÇA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2014 ÀS 18:38 | FLAMENGO
    Sem Carlos Eduardo, Flamengo relaciona 20 jogadores para semifinal
    Meia fica fora do confronto com a Cabofriense, nesta quarta-feira, no Maracanã. Time tem série de desfalques para o jogo
    O Flamengo divulgou a lista de relacionados para o jogo de ida das semifinais do Campeonato Carioca, quarta-feira, contra a Cabofriense, no Maracanã. Com 20 jogadores, o técnico Jayme de Almeida excluiu da relação o meia Carlos Eduardo, que está na reta final de seu contrato de empréstimo com o clube.
    Para esse jogo, o Flamengo terá uma série de desfalques. O último deles foi o lateral-direito Leonardo Moura, com dores na coxa esquerda. Antes, já estavam vetados pelo departamento médico o meia Elano, o volante Cáceres, o lateral-direito Léo e o lateral-esquerdo André Santos.
    A novidade na relação é a presença do lateral-esquerdo Jorge, do time sub-20. Ele foi titular no empate em 2 a 2 com o Bangu, em Volta Redonda, pelo Carioca, quando o Flamengo utilizou um time C, já que no mesmo dia o grupo principal embarcou para a Bolívia.
    Os relacionados para o jogo são Felipe, Paulo Victor, Digão, João Paulo, Jorge, Wallace, Samir, Chicão, Muralha, Márcio Araújo, Feijão, Amaral, Luiz Antonio, Everton, Lucas Mugni, Paulinho, Gabriel, Alecsandro, Hernane e Nixon.

    ResponderExcluir
  3. TERÇA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2014 ÀS 17:57 | FLAMENGO
    Com lesão na coxa esquerda, Léo Moura não pega a Cabofriense
    Lateral-direito é o quarto titular rubro-negro que desfalca a equipe no primeiro duelo pela semifinal do Campeonato Carioca

    Depois de Cáceres, Elano e André Santos, o Flamengo tem mais um problema para o primeiro jogo das semifinais do Campeonato Carioca, contra a Cabofriense. Uma lesão na coxa esquerda foi diagnosticada, e Léo Moura também será desfalque para a equipe.
    O provável substituto é o jovem Digão, já que Léo, reserva imediato, recupera-se de contusão e está entregue à preparação física.

    ResponderExcluir
  4. Fla faz recreativo na véspera da semifinal, e Jayme não indica time
    Com desfalques para enfrentar a Cabofriense quarta-feira, no Maracanã, valendo vaga na final do Carioca, treinador pode até improvisar Everton na lateral esquerda

    O Flamengo tem jogos decisivos pela frente e desfalques para o confronto desta quarta-feira, contra a Cabofriense, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Carioca. Mas, no treinamento da véspera, o técnico Jayme de Almeida não indicou o time que deve utilizar. Ele não contará com André Santos, Elano e Cáceres, entregues ao departamento médico.

    Para este jogo, Jayme pode até mesmo improvisar Everton na lateral esquerda no lugar de André Santos. Reserva imediato da posição, João Paulo vem sofrendo com a perseguição da torcida e não tem consigo fazer boas exibições.

    No treinamento de segunda-feira, Everton atuou dessa forma, mas em uma atividade com oito jogadores de cada lado. João Paulo ficou fora por ter jogado no domingo. Outras novidades podem ser Luiz Antonio e Paulinho, muito elogiados por Jayme depois da vitória por 5 a 3 sobre a Cabofriense.

    Depois do recreativo, Jayme comandou um treinamento técnico com alguns jogadores. Luiz Antonio, Samir e Paulinho foram aprimorar as cobranças de falta. Normalmente, quem faz esse tipo de trabalho na véspera de um jogo é escalado pelo treinador.

    Com as mudanças, o Flamengo deve entrar em campo com Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir e João Paulo (Paulinho); Amaral, Muralha, Luiz Antonio, Everton e Gabriel; Hernane. Fla e Cabofriense se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, pela primeira partida da semifinal. Por ter a melhor campanha, o Rubro-Negro joga por dois empates para avançar. Uma vitória e uma derrota pelo mesmo placar leva a decisão para os pênaltis.

    ResponderExcluir
  5. Aqui tudo vai depender do resultado da primeira partida, hoje à noite no Maraca(22:00 hs.).
    O Mais Querido do Brasil joga por dois empates, tanto agora nas semi, quanto depois, nas finais.
    Donde, se ganhar nesta quarta, jogará sábado com um mistão ou com um time reserva, poupando os titulares para a quarta da outra semana, pela Libertadores, em Guayaquil.

    ResponderExcluir
  6. Flamengo e Cabofriense abrem semifinais do Estadual
    Sem os dois laterais, Fla tenta driblar problemas para abrir série de decisões na temporada Jogo será às 22h, no Maracanã Pontapé inicial de uma sequência de jogos decisivos, a partida que o Flamengo fará com a Cabofriense nesta quarta, às 22h, no Maracanã, começa a pôr em jogo mais do que simplesmente uma vaga na final do Estadual. Vale o futuro esportivo do time na temporada, a paz para as partidas decisivas da Libertadores e, por consequência, até a saúde financeira do clube. Tropeços nesta quarta e sábado, no jogo de volta contra a mesma Cabofriense, certamente afetariam a estabilidade do time que vai enfrentar o Emelec, na próxima quarta-feira, em Guayaquil, pela Libertadores. E, conforme disse o vice de finanças do clube, Rodrigo Tostes, em entrevista à “ESPN”, uma queda precoce na competição sul-americana impediria a diretoria de garantir até mesmo a manutenção dos salários em dia. Ao menos no papel, o favoritismo é amplo. Mas o Flamengo não contava com o número de problemas médicos justamente num momento tão importante. Ontem, a ausência de Leonardo Moura pegou todos de surpresa. O lateral-direito sentiu dores no músculo adutor da coxa esquerda e não vai jogar. Além dele, o reserva imediato, Léo, ainda está em recuperação física após ter se lesionado. Na lateral esquerda, André Santos está vetado, assim como o volante Cáceres e o meia Elano. Jayme de Almeida, que não dá entrevistas antes dos jogos de meio de semana, deu poucas pistas do time que irá a campo. Digão pode ser o escolhido na lateral. Caso o treinador queira alguém mais experiente, pode improvisar Luiz Antônio ou Paulinho. À frente da zaga, Amaral e Muralha devem, em condições normais, formar a dupla de volantes. O trio de armadores que jogará por trás de Hernane tem Éverton e Gabriel como nomes aparentemente certos. Luiz Antônio, Paulinho e o argentino Mugni são candidatos ao lugar restante. Paulinho, aliás, vem conseguindo recuperar seu espaço no elenco. Após um início de ano ruim, ficou afastado por reclamar de dores no púbis. Os médicos do clube pediram exames, que não tenha acusaram lesão. — No último jogo do ano passado, com o Cruzeiro, senti a dor. Deveria ter ido tratar, mas viajei de férias. Foi um erro meu — disse Paulinho.
    Cabofriense x Flamengo Cabofriense: Luís Cetin, Rodrigo Dias, Victor Silva, Luizão e Leandro; Jardel, Daniel Tijolo, Silvano (Carlinhos) e Éberson; Bruno Veiga e Fabrício
    Flamengo: Felipe, Digão, Wallace, Samir e João Paulo; Amaral, Muralha, Luiz Antônio (Paulinho), Gabriel e Éverton; Hernane
    Juiz: Grazzianni Rocha Local: Maracanã Horário: 22h


    ResponderExcluir
  7. Do blog do AM: "Não queremos mais saber de prioridade, joguem a porra da semifinal a sério!Em jogo decisivo não pode marcar bobeira. E o jogo de hoje é perigosíssimo, não apenas pelas qualidades do Cabofriense, que fez ótimo campeonato, mas também porque o oba-oba está ligeiramente fora de controle nas hostes flamengas. Muita gente pensando que o jogo de hoje é mero cumprimento de tabela, que as favas estão contadas e o lambari pescado. Como se sabe, essa é uma receita infalível pra derrota.Se o Flamengo quer mesmo jogar tranquilão em Guayaquil na semana que vem só tem um jeito: passar o rodo muito bem passado hoje pra poder entrar mais relax no jogo de Domingo. Se ficar de sacanagem arriscamos chegar no domingo totalmente no veneno. O que contribuirá negativamente pro espírito da rapaziada que vai ao Equador defender nosso bom nome na América.O grande lance pro Mengão é encarar os próximos 6 jogos como uma competição só. Partir pra cima com tudo, sem fadiga, estafa ou estresse. O ideal é ganhar a meia dúzia direto, mas um ou dois empates, no Carioca, são administráveis. Na Liberta, nem pensar! Vamo lá, Flamengo, o ano começa agora. Vamos com tudo, sempre no sapatinho, subindo um degrau depois do outro na humildade máxima e passando o rodo em geral. Estamos de olho.Mengão Sempre"

    ResponderExcluir
  8. Flamengo aplica 3 a 0 e fica perto da final do Carioca.

    Sem dificuldades, o Flamengo venceu a Cabofriense por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, e encaminhou a vaga para a final do Campeonato Carioca. Em um Maracanã quase vazio, diante de cerca de 5 mil torcedores, o time da Gávea teve tranquilidade para conquistar o resultado positivo. O atacante Alecsandro marcou o décimo gol e se igualou na artilharia da competição junto com Edmilson, do Vasco. As duas equipes voltarão a se enfrentar no Maracanã, sábado, pelo jogo de volta da semifinal.

    ResponderExcluir
  9. "Apesar da grande vantagem construída com os 3 a 0 sobre a Cabofriense, Jayme pretende usar os titulares no sábado. A ideia é dar ritmo de jogo ao time que enfrentará o Emelec, quarta-feira, em Guayaquil, em jogo decisivo pela Libertadores. Jayme lembrou que, após o jogo de sábado, não treinará mais o time até quarta-feira, por falta de tempo em função da viagem.
    - Só mudaremos se tiver alguma contusão. A ideia é usar um time para dar ritmo para quarta-feira.
    Sábado, pelo Estadual, o Flamengo pode até perder por dois gols de diferença que estará na final. Caso perca por três gols, a decisão da vaga vai para os pênaltis".

    ResponderExcluir
  10. Com dores, Léo é vetado e desfalca Fla em semifinal. Jogador tem sido um dos destaques do Fla na temporada.

    Depois de participar dos últimos treinamentos e demonstrar recuperação, o lateral-direito Léo voltou a sentir incômodos musculares durante o treino desta quinta-feira e seguirá desfalcando o Flamengo.
    Léo é o substituto imediato do experiente Léo Moura, que também está contundido, com dores na coxa esquerda. Com isso, o jovem Digão deve ter mais uma oportunidade no time. A ausência dos dois machucados preocupa também para a Libertadores, já que podem ficar de fora do jogo decisivo no dia 2 de abril, e Digão não está inscrito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não é problema para nós. O Digão é ótimo e, se o Léo velho/verdadeiro, o Léo Moura, não recuperar até quarta, a gente entra com Chicão, formando zaga de três e coloca Paulinho e Everton respectivamente como ala direito e esquerdo: 3-5-2.

      Excluir
    2. Para a partida contra a Cabofriense, sábado, pela semifinal do Campeonato Carioca, João Paulo deve ser mantido na vaga de André Santos. No lado oposto, Jayme mantém a dúvida: Chicão e o jovem Recife são as opções, com favoritismo para o último, que tem apenas 19 anos e está inscrito na Libertadores. Digão, Luiz Antonio e Márcio Araújo, que não estão na lista de 30 atletas da competição continental, sequer foram relacionados.

      Excluir
    3. Para o jogo deste sábado, Jayme de Almeida surpreendeu ao relacionar Márcio Araújo. O volante não está inscrito na Libertadores, e o próprio treinador deixou claro que não pretender utilizar quem não estará à disposição para o confronto em Guayaquil. Com a ausência de André Santos, o jovem lateral-esquerdo Jorge segue entre os concentrados.
      Confira a lista de relacionados:

      Goleiros: Felipe e Paulo Victor;
      Zagueiros: Samir, Wallace, Chicão e Erazo;
      Laterais: João Paulo e Jorge;
      Volantes: Amaral, Feijão, Gabriel, Márcio Araújo, Muralha e Recife;
      Meias: Everton e Lucas Mugni;
      Atacantes: Hernane, Alecsandro, Nixon e Paulinho.

      Excluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: