Ir ao Topo

terça-feira, 8 de abril de 2014

7 comentários:

  1. SOBRE A ARBITRAGEM:
    Leandro Pedro Vuaden será o responsável por comandar o jogo entre Cruzeiro e Atlético na tarde deste domingo. Por conta de solicitação dos dois clubes, a decisão do Campeonato Mineiro ficou impedida de ser apitada por árbitros da Federação Mineira. O jogo que define o campeão estadual de 2014 será às 16h, no Mineirão.
    Vuaden, que é da Fifa e apita com o escudo da Federação Gaúcha, será auxiliado por Fábio Pereira (Fifa/TO) e Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa/BA).
    No primeiro jogo da final, no Independência, o juiz da partida foi o alagoano Francisco Carlos do Nascimento, que teve atuação contestada pelos dois lados da partida.

    ResponderExcluir
  2. SOBRE CRUZEIRO:
    O Cruzeiro vive uma situação curiosa na decisão do Campeonato Mineiro, contra o Atlético. No próximo domingo, as equipes se enfrentam às 16h, no Mineirão, e a única possibilidade de a Raposa ser campeã é conquistando o título de maneira invicta. Se perder o jogo, perde a taça. Se empatar ou vencer, garante o troféu.

    Este seria o 11º título estadual invicto do Cruzeiro. Porém, o primeiro deles, em 1926, não é reconhecido pela FMF, pois foi disputado em uma liga dissidente, a Associação Mineira, formada por clubes que se desentenderam com a Federação na época. De acordo com relato do jornal Diário de Minas, de 11 de janeiro de 1927, o clube celeste venceu todos os jogos e se sagrou campeão estadual invicto. Como o esporte era amador, havia pouca cobertura esportiva. Nenhum jornal belo-horizontino da época ainda está em circulação.

    Em 1998, a Federação Mineira chegou a reconhecer esta conquista celeste, mas, recentemente, retirou de seu site oficial e colocou o Cruzeiro como vice-campeão de 1926, embora não haja registros concretos que o clube tenha disputado o campeonato do qual o Atlético se tornou o campeão.

    As outras conquistas invictas da Raposa ocorreram em 1929, 1930, 1944, 1968, 1969, 1992, 1994, 2003, 2009. Na atual campanha, são 11 vitórias e três empates.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois da classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Cruzeiro voltou aos treinos nesta quinta-feira na Toca da Raposa II com apenas os reservas em campo. As novidades ficam por conta dos retornos de Samudio, Nilton e Ceará, que não enfrentaram o Real Garcilaso no Mineirão. Os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo na academia.

      Samudio e Nilton não entraram em campo nessa quarta-feira por estarem suspensos na Copa Libertadores. Já o lateral-direito Ceará sentiu cansaço muscular e não enfrentou os peruanos, sendo substituído por Mayke. Os três estarão disponíveis para enfrentar o Atlético domingo, na grande decisão do Campeonato Mineiro.

      O Cruzeiro agora corre contra o tempo para recuperar Willian. O jogador foi relacionado para a partida decisiva da Libertadores, mas não ficou no banco. O atacante sentiu cansaço muscular e passou a tarde desta quinta em tratamento.

      Para a decisão do Mineiro, o técnico Marcelo Oliveira deve mandar a campo o seguinte time: Fábio, Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Lucas Silva, Henrique, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Dagoberto e Júlio Baptista.

      Excluir
  3. SOBRE ATLETICO:
    Autor do único gol do confronto contra o Zamora, da Venezuela, na vitória por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no Independência, o atacante Jô já está com o foco na final do Campeonato Mineiro, no Mineirão, no próximo domingo, contra o Cruzeiro. O time celeste tem a vantagem, joga por um empate simples, e vai receber o clube alvinegro em seu estádio – onde costuma ser praticamente imbatível. Para Jô, o duelo será muito complicado e o time preto e branco terá que trabalhar muito para conseguir reverter o resultado a seu favor.
    “Jogo que as duas equipes tem grande confiança, classificamos e jogamos bem, descansar, pois agora vamos para a final do Campeonato Mineiro e o bicho vai pegar. Graças a Deus venho conseguindo fazer os gols para ajudar”, disse o atleta.
    O camisa 7 atleticano sabe que, mais que estar descansado fisicamente, os jogadores alvinegros precisarão estar bem psicologicamente. “Acho que agora é o trabalho mental que vai valer, estamos em reta final, em decisões, tem que estar muito bem na cabeça, o psicológico preparado e bem. Vamos concentrar para mais esta partida”, finalizou.
    Para a final do próximo domingo o Cruzeiro depende de um empate, por ter tido melhor campanha na primeira fase do torneio estadual. O Atlético-MG precisa vencer de qualquer maneira para conseguir ficar com a taça do Campeonato Mineiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro objetivo do Atlético na temporada foi concluído com êxito. Classificada em primeiro lugar de sua chave na Libertadores, a equipe alvinegra agora volta suas atenções para a decisão do Campeonato Mineiro, no próximo domingo. Lutando pelo tricampeonato, uma vitória simples no Mineirão, frente ao rival Cruzeiro, poderá coroar o trabalho dos comandados de Paulo Autuori, que já acumulam uma sequência de 16 jogos sem conhecer o gosto da derrota.
      "É um momento de superação, o desgaste tem sido grande. Mas quando se fala em clássico, a gente supera tudo, a gente vai com muita confiança para lá. Sabemos que é uma missão difícil, mas não é impossível. O intuito é reverter a situação e sair de lá com o tricampeonato", afirmou o volante Pierre.
      Já para o atacante Jô, autor do gol que garantiu a vitória do Atlético sobre o Zamora-VEN por 1 a 0, a final do Mineiro promete ser uma partida empolgante ainda mais após as classificações asseguradas da dupla mineira às oitavas de final da Libertadores.
      "Será um Jogo onde as duas equipes vão com confiança alta. A gente por ter jogado bem hoje e conquistado a vitória, e eles por terem feito o placar que precisavam para avançar. O bicho vai pegar domingo", prevê o atacante da seleção brasileira.
      Com boas atuações desde seu retorno à titularidade, o volante Leandro Donizete também deixou claro sua ansiedade para a partida deste domingo. "É jogo de volante, a gente tromba, vai pra cima deles. Vamos ser campeões se Deus quiser", concluiu.

      Excluir
    2. O técnico Paulo Autuori ganhou mais um problema para a final do Campeonato Mineiro. O lateral Marcos Rocha deixou o duelo frente ao Zamora-VEN, ainda na primeira etapa, queixando-se de dores na parte posterior da coxa. Ele foi substituído pelo volante Claudinei no segundo tempo, mas passou por testes durante o intervalo. Segundo o médico Rodrigo Lasmar ainda é cedo para dar um prognóstico sobre o aproveitamento do atleta no clássico com o Cruzeiro.
      "Foi uma dor na região posterior da coxa, não teve condições de continuar, vamos observar, aguardar até amanhã (sexta-feira) e ver como vai ser. Claro que para o jogo de domingo é uma preocupação importante, mas vamos ter um pouco de cuidado e esperar", afirmou Lasmar, ainda no intervalo da partida.
      No entanto, após o término do confronto, Marcos Rocha tratou de tranquilizar a torcida atleticana ao afirmar que não sentiu uma fisgada e sim um 'estalo'.
      "Foi um estalo que deu, fizemos um teste no vestiário, o Rodrigo (Lasmar) me deu uma resposta positiva. Não estou sentindo dor, mas já estou fazendo tratamento preventivo. Agora é esperar até amanhã (sexta), devo fazer um exame para tirar as dúvidas e ficar à disposição do Paulo no domingo", afirmou.
      "Não foi uma fisgada porque eu já tive um estiramento e foi totalmente diferente. O Rodrigo acha que pode ter sido até um tendão dando uma esticada, mas nada mais grave. O corpo avisou na hora, então preferi sair para não agravar", concluiu.

      Excluir
  4. CRUZEIRO/MG X ATLÉTICO/MG

    Aqui o time do Cruzeiro vai jogar para vencer, segundo o Marcelo disse o Cruzeiro pode ir fechadinho para este jogo, mas acho que ele não fará isto, Zeiro vai para cima do Galo e será Campeão, mas com seco nem a pau Juvenal DF RAPOSA

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação!