Ir ao Topo

terça-feira, 29 de abril de 2014

4 comentários:

  1. VASCO - Reforços não poderão estrear pelo Vasco neste sábado por conta do feriado.

    O Vasco bem que tentou, mas por conta do feriado do Trabalhador, que ocorrerá nesta quinta-feira, o clube não terá tempo hábil de regularizar seus reforços para a partida deste sábado, contra o Atlético-GO, em São Januário.
    A diretoria até chegou a gerar os contratos do volante Fabrício, do apoiador Guilherme Biteco, do zagueiro Anderson Salles e do atacante Rafael Silva, mas foi insuficiente para deixa-los aptos.

    "Por conta do feriado, eles não terão como aparecer no Bira e BID", informou o diretor-executivo Rodrigo Caetano, se referindo aos órgãos regulatórios da Ferj e da CBF.
    Fabrício e Biteco serão apresentados oficialmente nesta sexta-feira em São Januário. A apresentação de Anderson e Rafael aconteceu na última terça.

    Se não poderá contar com o quarteto, ao menos o Cruzmaltino deverá ter o retorno do goleiro Martin Silva e do apoiador Bernardo, que estavam lesionados.
    O volante Guiñazú, o atacante Edmilson, o zagueiro Rodrigo e o meia Pedro Ken seguem sem previsão de volta.

    O atacante Everton Costa sofreu uma arritmia cardíaca e só poderá retornar aos gramados em seis meses.

    ResponderExcluir
  2. ATLÉTICO - Marcus Winícius é cotado para ganhar vaga de Thiago Feltri contra o Vasco. Volante deve entrar no lugar do lateral e deixar Atlético-GO mais forte no meio-campo; João Lucas retorna para a esquerda, e Jorginho ganha liberdade na criação.

    Mudança à vista na escalação do Atlético-GO para o duelo de sábado, contra o Vasco, no Rio de Janeiro. O técnico Marcelo Martelotte deve sacar o lateral-esquerdo Thiago Feltri, que não atuou bem nas últimas partidas. Experiente, Feltri já até defendeu a equipe carioca após ter se destacado em sua primeira passagem pelo Dragão, no entanto, agora ele deve ser substituído pelo volante Marcus Winícius, recém-contratado. Com a modificação, João Lucas retorna para a lateral – ele vinha atuando improvisado no meio-campo.
    Com isso, o Rubro-Negro passa a ter três volantes, e Jorginho terá mais liberdade no setor de criação. A provável escalação rubro-negra terá Márcio; Pedro Bambu, Artur, Lino e João Lucas; Renan Foguinho, Marcus Winícius, Wagner Carioca e Jorginho; Juninho e Júnior Viçosa. Dos cinco contratados para as competições nacionais, apenas Jonas e Josimar não estão entre os titulares. Os outros são João Lucas, Marcus Winícius e Wagner Carioca.

    ResponderExcluir
  3. SOBRE O VASCOMDEUS:
    Ainda sem cinco jogadores lesionados, que seguem fora do time, Adilson espera ter de volta Martín Silva, mas não garante que o goleiro vai ter condição de jogo. Ele será reavaliado até a véspera da partida contra o Atlético-GO, neste sábado, às 16h20 (de Brasília), novamente com portões fechados em São Januário. Rodrigo, Guiñazú, Pedro Ken e Edmílson seguem fora, enquanto Bernardo tem chance de reaparecer no banco de reservas.
    O técnico terá pouco tempo para definir o time. Com a boa partida de Danilo, Adilson deve seguir com o garoto no meio de campo. A dúvida fica para a utilização dos outros jovens que entraram bem na equipe. Marquinhos e Yago substituíram bem Reginaldo e Montoya e podem ganhar uma chance como titulares no jogo válido pela terceira rodada da Série B.

    ResponderExcluir
  4. SOBRE O ATLETICO-GO:
    As vitórias escaparam nas rodadas iniciais da Série B. Mesmo assim o Atlético-GO segue mostrando bom futebol e não perde há 11 partidas. Mas para tentar triunfar pela primeira no Campeonato Brasileiro, o Dragão terá talvez seu melhor desafio pela frente: o Vasco, fora de casa. Apesar das dificuldades, o atacante Júnior Viçosa, artilheiro do Dragão na temporada com 13 gols, acredita que o time goiano está preparado para vencer qualquer desafio.
    - Poderemos fazer um grande jogo e vencer sim, não só pelas partidas contra o Goiás no Campeonato Goiano, mas também por nossas próprias atuações na Série B. Jogamos bem diante de Boa Esporte e Ponte Preta, criamos chances e, infelizmente, perdemos gols. Eu mesmo perdi uma chance contra a Ponte. Acho que estamos preparados para vencer o Vasco, sabendo, é claro, das dificuldades.
    Apesar da força do time carioca em São Januário, o Vasco - punido pela briga da torcida no jogo contra o Atlético-PR, em Joinville, no ano passado - não poderá contar com a presença da torcida. O jogo será com portões fechados. Júnior Viçosa lamenta a ausência de público, mas acredita que as dificuldades serão as mesmas.
    Marcus Winícius é cotado para ssumir vaga de Thiago Feltri contra o Vasco
    Lino quer Dragão ousado no Rio de Janeiro
    - É estranho jogar sem torcida. Por mais que o Vasco esteja pressionado para também conquistar a primeira vitória, a torcida ajudaria o time deles, principalmente nos momentos iniciais. Mas mesmo assim acho que nosso adversário está preparado. Será uma partida muito dura.
    Para o duelo contra o Vasco, o Atlético-GO terá uma modificação na equipe. O lateral-esquerdo Thiago Feltri será substituído por Marcus Winícius. Com isso, João Lucas é deslocado para a lateral. A provável formação do Dragão tem Márcio; Pedro Bambu, Artur, Lino e João Lucas; Renan Foguinho, Marcus Winícius, Wagner Carioca e Jorginho; Juninho e Júnior Viçosa.
    O Atlético-GO faz três partidas seguidas fora de casa. Depois de enfrentar o Vasco, o clube jogará contra ABC, pela Copa do Brasil, e América-RN, pela Série B, em dois jogos na cidade de Natal.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: