Ir ao Topo

terça-feira, 22 de abril de 2014

4 comentários:

  1. SOBRE O AMERICA:
    O América-MG se prepara para enfrentar o Ceará, no próximo sábado, às 21h (de Brasília), no Independência. A partida irá marcar a estreia do Coelho em casa pela Série B do Brasileirão. Os jogadores esperam buscar melhor resultado jogando em Belo Horizonte, do que o empate em 1 a 1 time em São Januário, no primeiro jogo pela competição, contra o Vasco. Para o volante Andrei Girotto, o fator casa é essencial na hora de buscar o resultado.
    -Fizemos um bom jogo contra o Vasco, que é uma grande equipe. Tivemos oportunidade de vencer, mas temos que considerar que jogamos na casa deles e contra o favorito da competição. Agora, em nosso estádio, a tendência é apresentarmos um futebol ainda melhor, com o apoio de nossa torcida, analisou o volante em entrevista ao site oficial do clube.
    Os jogadores do Coelho continuam se preparando até a próxima sexta-feira para a partida. O técnico Moacir Júnior não tem atletas suspensos para a partida.
    ....- Chegaram mais atletas, mais jogadores de qualidade. A cabeça do Moacir Junior deve estar um trevo. Os treinos vão ficar mais pesados. Mas também sei que não vou ser titular só com treinos, porque é diferente de jogo. Mas é no treino que posso mostrar condições. É lamentável o problema que tive. Eu estava em uma boa fase, joguei cinco partidas como titular e me machuquei. Mas futebol é isso mesmo, você está sujeito a se machucar – revelou o jogador ao site oficial do América-MG.
    Outra novidade no treino foi o zagueiro André, que sofreu uma contratura muscular na véspera da partida contra o Vasco e foi cortado da viagem ao Rio. Após passar por tratamento intensivo no final de semana, na segunda-feira André foi liberado para as atividades. O próximo confronto do Coelho é contra o Ceará, no sábado, às 21h (de Brasília), no Independência.

    ResponderExcluir
  2. SOBRE O CEARÁ:
    Em jogo de tirar o fôlego do torcedor que marcou presença na Arena Castelão, o Ceará conquistou o tetracampeonato cearense pela terceira vez na sua história. Com gols perdidos e defesa quase impecável, o Vovô segurou as investidas tricolores no segundo tempo para garantir o 0 a 0 suficiente para o título. No final dos pouco mais de 90 minutos, a torcida explodiu nas arquibancadas.
    A conquista alvinegra dá força para a sequência do time na Série B do Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, no Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG, o Ceará encara o América-MG, às 21h. Já o Fortaleza joga dois dias depois, na segunda-feira, contra o Salgueiro-PE, também fora de casa, às 21h30min, na estreia da Série C.

    ResponderExcluir
  3. AMÉRICA/MG - O Coelho começou mal o estadual, chegando a frequentar a zona de rebaixamento. Silas, que começou no comando, foi demitido, e Moacir Júnior, contratado. O novo treinador mudou a maneira da equipe de jogar. O Coelho reagiu e chegou às semifinais, dando um alento à torcida para a disputa da Série B. O destaque do América-MG foi o meia Tchô, além do veterano Obina. A diretoria reforçou o elenco e contratou cinco jogadores após o Mineiro: o lateral Pablo, o zagueiro André, o experiente meia Mancini e os atacantes Júnior Negão e Diney.
    Momento: terminou o Campeonato Mineiro em quarto lugar, após reação na primeira fase. Nas semifinais, foi desclassificado pelo Atlético-MG com duas derrotas. Pela Copa do Brasil, eliminou o segundo jogo da primeira fase ao vencer o Santos-AP por 3 a 0, em Macapá.
    Fique de olho: contratado junto à Ponte Preta, durante o Campeonato Mineiro, o meia Tchô vem sendo o principal jogador do América-MG nesta temporada. Ele foi escolhido para a seleção do estadual.
    Onde joga: o América-MG manda seus jogos no Independência, em Belo Horizonte. O estádio tem capacidade para 23 mil pessoas.

    ResponderExcluir
  4. CEARÁ - O Vovô chega a mais uma Segundona credenciado a brigar pelo acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Com elenco experiente e nomes famosos, como Magno Alves e Souza, o time chega ao ano do seu centenário se sentindo na obrigação de voltar à Série A. Sob o comando do técnico Sérgio Soares desde 2013, o Alvinegro de Porangabuçu pretende adotar um esquema ofensivo para buscar vitórias, e o discurso da equipe é que tal postura seja mantida em todos os jogos.
    Momento: vice-campeão da Copa do Nordeste e finalista do Campeonato Cearense, o Vovô chega para o segundo semestre para continuar fazendo bonito. Equipe quer acesso na Série B e ir o mais longe possível na Copa do Brasil.
    Fique de olho: o veterano Magno Alves é o coração das boas jogadas alvinegras e artilheiro do time no ano, com 15 gols. Mesmo com 38 anos, ele deve atuar na maioria dos jogos do Ceará e dar trabalho às zagas adversárias.
    Onde joga: o Vovô utiliza a Arena Castelão, palco de seis jogos da Copa do Mundo de 2014, com capacidade para 63 mil pessoas. Quando o estádio está fechado para outros eventos, usa o Presidente Vargas (20 mi pessoas) e o Domingão, em Horizonte (10 mil pessoas).

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: