Ir ao Topo

terça-feira, 22 de abril de 2014

4 comentários:

  1. SOBRE O GOIAS:
    À frente de um time que não faz gols há cinco jogos, Ricardo Drubscky quebra a cabeça para melhorar o poderio ofensivo e a capacidade de conclusão dos atacantes. Na tarde desta quarta-feira, o técnico buscou principalmente isso. Em atividade realizada na Serrinha, o comandante esmeraldino exigiu bastante dos atletas em treino voltado para a finalização e, posteriormente, em um trabalho técnico e tático.

    Na primeira atividade, os jogadores de frente ficavam no mano a mano com a defesa e tinha que tabelar ou fazer uma jogada individual para concluir em gol. Em seguida, Drubscky dividiu o elenco em dois times, limitou o número de toques na bola e forçou situações em que meias e atacantes chegavam à área para receber cruzamentos vindos da linha de fundo. No geral, o aproveitamento nas finalizações foi apenas razoável.
    Não houve posicionamento do que possa ser considerado o time titular para o duelo contra o Criciúma, domingo, em Itumbiara. Em determinado momento, Thiago Mendes sofreu uma pancada e precisou sair mais cedo do treino. No entanto, o jogador garante não ser nada que preocupe e reforça a importância de o time evoluir na finalização.

    - Não é preocupante. Foi uma dor no joelho, mas nada a se preocupar. O treino de hoje (quarta) serviu bastante para isso (finalização). Ele (Drubscky) pede para os meias chegarem na área, assim como os atacantes. Isso vai contribuindo na nossa conclusão.

    Saída iminente

    Carlos Alberto segue sem treinar no Goiás, já que as duas partes estudam uma forma de rescindir de forma amigável o contrato firmado no final de janeiro. A versão oficial do clube é de que o meia está com uma forte virose e de repouso. No fim de semana, foi levantada a suspeita de dengue, posteriormente descartada. Jogador e clube estão insatisfeitos um com o outro e, em breve, devem confirmar a já provável ruptura do vínculo que iria até o fim de 2014.

    ResponderExcluir
  2. SOBRE O CRICIUMA:
    Tornozelos, joelhos e outras articulações do corpo parecem estar ótimas condições em Wellington Bruno, pelo que demonstrou no treinamento na tarde desta quarta-feira. Se Paulo Baier sente o tornozelo direito e precisa ficar de fora, poupado, do duelo contra o Goiás, o Criciúma tem um substituto para usar a camisa 10. Foi o meio-campista o jogador que exerceu a função do capitão do Tigre no coletivo em campo reduzido, debaixo de uma chuva fina e persistente no CT tricolor. O "gelo" da estreia foi quebrado, já que entrou na vaga do próprio Baier no revés por 2 a 1 para o Palmeiras.
    Prova de que a saúde do paulista de 27 anos está muito em dia foi dada na primeira metade do treinamento. Da beira do campo, o técnico Caio Júnior viu Wellington Bruno ganhar uma dividida com o zagueiro e ir sozinho até as redes. No trabalho em cerca de 70% do gramado, o treinador armou o time titular o mais semelhante o possível do que iniciou a partida contra o Palmeiras, no domingo. Além da troca de Wellington Bruno por Baier, Cortez esteve na lateral-esquerda. É que Giovanni, que chegou a trabalhar normalmente no período da manhã, sentiu um desconforto na panturrilha esquerda. Ele ficou no Heriberto Hülse e não foi ao CT, assim como o meia Maylson, com dores em articulações.
    O time da primeira parte do coletivo foi formado por Bruno; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez; Serginho, Ricardinho, João Vitor e Wellington Bruno; Bruno Lopes e Silvinho. Para a segunda parte, Caio Júnior testou mudanças, mas não desfez o 4-4-2 com a trinca de volantes. Logo no recomeço entraram Ronaldo Alves, o recém-apresentado Rodrigo Souza e Cristiano, que vai vestir a camisa e falar como jogador do clube pela primeira vez nesta quinta. O trio assumiu as vagas de Escudero, Ricardinho e Bruno Lopes, respectivamente. Mais para o final do treinamento, Wellington Bruno também saiu, dando lugar a Everton.
    A equipe que terminou o coletivo em campo reduzido foi: Bruno; Eduardo, Fábio Ferreira, Ronaldo Alves e Cortez; Rodrigo Souza, Serginho, João Vitor e Everton; Silvinho e Cristiano. A entrada de Rodrigo Souza fez com que Serginho atuasse como segundo volante, na ponta direita, ao lado de João Vitor, do outro lado. Nesta quinta-feira, o grupo volta ao CT e o técnico Caio Júnior deve encaminhar a equipe que enfrenta o Goiás. O jogo contra os esmeraldinos está marcado para as 18h30 de domingo, no estádio JK, em Itumbiara (GO), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. GOIÁS - 25/04/2014 16:49 - Goiás lamenta jogo em Itumbiara, mas 'exige' primeiro resultado positivo.

    O Goiás não terá a seu favor a força do Serra Dourada no jogo de domingo, diante do Criciúma. O clube irá cumprir o primeiro de dois jogos de suspensão. Com isso, o jogo será no estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara. O elenco lamenta esse detalhe, mas 'exige' o primeiro resultado positivo no Campeonato Brasileiro.
    A partida será disputada no interior goiano devido à punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ao Goiás em 2013, em virtude de brigas entre torcedores no estádio Serra Dourada.

    O técnico Ricardo Drubscky ainda não definiu a escalação da equipe titular. Caso repita a formação inicial do duelo diante do Flamengo, no domingo passado, o Goiás entrará em campo com Renan, Vitor, Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, David, Thiago Mendes e João Paulo; Rychely e Araújo.

    ResponderExcluir
  4. CRICIÚMA - 25/04/2014 12:26 - Caio Junior define Criciúma para pegar o Goiás com apenas uma novidade.

    O Criciúma está pronto para o jogo deste domingo, diante do Goiás, em Itumbiara (GO). E o técnico Caio Junior fará apenas uma mudança em comparação ao time que iniciou a partida do último domingo, na derrota para o Palmeiras. O meia Wellington Bruno será a novidade.

    O novo titular entrará no lugar do experiente Paulo Baier, que foi vetado pelo departamento médico por causa de dores no tornozelo direito. O restante do time é o mesmo da estreia.

    Com isso, o Criciúma vai entrar em campo com a seguinte formação: Bruno; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Giovanni; Serginho, Ricardinho, João Vitor e Wellington Bruno; Bruno Lopes e Silvinho.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação!