Ir ao Topo

terça-feira, 1 de abril de 2014

5 comentários:

  1. Juliano treina entre os titulares, e JEC aguarda decisão de efeito suspensivo. Julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva condena o zagueiro a quatro jogos de suspensão após briga com jogadores do Figueirense em jogo do quadrangular.

    O Joinville segue a preparação para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Catarinense diante do Figueirense e reforça os treinamentos sob a coordenação de Hemerson Maria. Nas atividades desta quinta-feira, na Arena Joinville, a novidade entre os 11 titulares foi a presença do zagueiro Juliano.
    O defensor do JEC foi condenado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) na última terça-feira, porém o clube aguarda a decisão do efeito suspensivo para que o jogador possa atuar diante do Figueira na final. Juliano foi punido com quatro jogos de suspensão pela confusão na partida entre Figueirense e Joinville, em Florianópolis, pela quarta rodada do quadrangular.
    Na formação titular, Tartá também apareceu no esquema do comandante Tricolor. O atacante acabou desfalcando a equipe por problemas musculares na partida do Metropolitano, na última rodada da segunda fase da competição estadual, e permaneceu em tratamento no departamento médico. No ataque, Edigar Junio treinou ao lado de Jael e retorna ao grupo após suspensão.

    ResponderExcluir
  2. Atletas do Figueirense que não foram ao Acre focam a parte física para final
    Nove dos atletas poupados para a estreia do Alvinegro na Copa do Brasil ficam em Florianópolis e trabalham com o preparador para o duelo contra o JEC, no domingo

    A quarta-feira, dia da estreia do Figueirense na Copa do Brasil, também marcou o retorno dos jogadores que não foram relacionados pelo técnico Vinícius Eutrópio para a partida com o Plácido de Castro aos trabalhos. Os atletas treinaram no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela, em Palhoça.

    Os jogadores que atuaram os 90 minutos no confronto com o Criciúma e não viajaram até o Acre foram coordenados pelo preparador físico Marcos Seixas. Nirley, Dudu, Tiago Volpi, Marquinhos Pedroso, Marcos Assunção, Dener, Ricardo Bueno, Everton Santos e Giovanni Augusto - além de Rivaldo e Paulo Roberto - realizaram uma atividade física e deram continuidade na preparação para a primeira final do Campeonato Catarinense, que acontece no próximo domingo, na Arena, às 16h, diante do Joinville.

    Nesta quinta-feira, outro trabalho na parte da tarde. A programação do Figueirense ainda prevê trabalhos com o elenco completo na sexta-feira e no sábado, véspera da partida contra o Joinville.

    ResponderExcluir
  3. Apenas dois jogadores considerados titulares viajaram para o Acre. O zagueiro Thiago Heleno e o lateral-direito Leandro Silva, que, suspenso, não atuou no segundo jogo da semifinal contra o Criciúma. Apesar de desgastado com a viagem, o camisa 2 garantiu que todos estarão prontos.
    - Agora estamos fisicamente cansados, passamos a madrugada inteira viajando, mas vai ter esse tempo de descanso para o jogo de domingo para a gente estar focado e buscar o resultado lá em Joinville. Estou bem preparado, a cabeça está boa. Espero fazer um grande jogo em Joinville e ajudar meus companheiros.
    A delegação alvinegra foi dividida em dois grupos. No primeiro voo, que tocou o solo de Floripa pouco depois das 15h, parte da comissão técnica e jogadores como Lúcio Maranhão, Marquinhos e Luan desembarcaram. O segundo grupo, com o atacante Ciro, por exemplo, chegaria depois.

    ResponderExcluir
  4. SOBRE JOIVILLE:
    O Joinville segue a preparação para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Catarinense diante do Figueirense e reforça os treinamentos sob a coordenação de Hemerson Maria. Nas atividades desta quinta-feira, na Arena Joinville, a novidade entre os 11 titulares foi a presença do polivalente Juliano.
    O defensor do JEC foi condenado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) na última terça-feira, para cumprir quatro jogos de suspensão, porém ele deve atuar diante do Figueira na final. O clube entrou com recurso junto ao Tribunal e aguarda a confirmação da liberação, já que pelo quarto parágrafo do artigo 53 da Lei Pelé, o recurso deve ser recebido e processado com efeito suspensivo quando a penalidade exceder de duas partidas consecutivas ou quinze dias
    Na formação titular, Tartá também apareceu no esquema do comandante Tricolor. O atacante acabou desfalcando a equipe por problemas musculares na partida do Metropolitano, na última rodada da segunda fase da competição estadual, e permaneceu em tratamento no departamento médico. No ataque, Edigar Junio treinou ao lado de Jael e retorna ao grupo após suspensão.
    A primeira partida entre Joinville e Figueirense, pela final do Catarinense, está marcada para o próximo domingo, dia 6, às 16, na Arena Joinville.

    ResponderExcluir
  5. Atrás de seu primeiro título do Campeonato Catarinense com o Joinville, o goleiro Ivan faz de tudo. Deixa as dores de uma pubalgia para trás e espera reverter a vantagem do Figueirense de decidir em casa com uma vitória domingo, na Arena, na partida de ida da decisão. Ainda assim, nada de desesperos. O camisa 1 lembra que o título será definido em 180 minutos.
    Liberado do departamento médico para trabalhar com bola, Ivan sempre deixou claro que queria uma conquista de expressão no Tricolor do Norte. A duas partidas de acabar com um jejum de 13 anos do JEC, o goleiro aposta no que a equipe fez durante toda a fase de classificação e o quadrangular para levantar a taça.
    A obrigação por uma vitória agora é muito grande
    Ivan
    - A expectativa é muito boa, acho que é um momento muito importante no Joinville, por estar na final, chegar com méritos. A gente fica feliz, sabemos da responsabilidade que é, principalmente por não decidir em casa. Então a obrigação por uma vitória agora é muito grande, mas temos que estar cientes de que são dois jogos, não vamos ganhar tudo e nem perder tudo. Tem que respeitar o Figueirense, tem qualidades por estar na final. Esperamos na ida reverter a vantagem e ir mais tranquilo decidir em Florianópolis - disse o goleiro, em entrevista coletiva.
    Para o duelo de ida, o Joinville não poderá contar com o capitão Rafael, suspenso. Juliano, que seria uma opção, foi julgado pelo TJD e pegou quatro jogos de gancho - o JEC já protocolou um pedido de efeito suspensivo. Mesmo assim, Ivan confia no grupo tricolor para que com um resultado positivo na Arena, jogue a pressão para o time da capital.
    - Eu acho que temos os dois lados da moeda. Poderíamos decidir em casa e em Florianópolis não conseguir o resultado e ter que ir para cima e ser surpreendidos. E agora podemos conseguir um bom resultado e jogar a responsabilidade para eles. Decidir em casa não quer dizer que o time vai ser campeão - lembrou Ivan.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: