Ir ao Topo

terça-feira, 6 de maio de 2014

7 comentários:

  1. BAHIA - Pela Copa do Brasil, Bahia tenta manter boa fase contra o América-MG.

    Os donos da casa são líderes do Campeonato Brasileiro da Série B, com sete pontos. Os visitantes, com seis, ocupam a sexta posição na Série A. Nada disso conta para noite desta quarta-feira (7), pelo menos, dentro em campo. Porque, fora dele, são duas agremiações empolgadas com os respectivos momentos nas competições nacionais. E será neste clima de boa fase que América Mineiro e Bahia se enfrentam pela segunda fase da Copa do Brasil, no Estádio Independência, às 22h.

    ResponderExcluir
  2. VITÓRIA - Ney Franco comanda coletivo tático e testa mudanças no time Rubro-Negro.

    O técnico Ney Franco, do Vitória, comandou um coletivo tático nesta quarta-feira (7), na Toca do Leão, de olho no duelo contra o Bahia, domingo (11), na Arena Fonte Nova, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.
    Antes da atividade, o comandante Rubro-Negro reuniu com o grupo no centro do gramado e conversou por cerca de cinco minutos. Na conversa, o treinador gesticulou bastante enquanto falava com o elenco. Em seguida, os jogadores fizeram um rápido aquecimento e iniciaram os trabalhos.

    Na primeira etapa, Ney colocou em campo o time que venceu o Fluminense no último sábado. Wilson; Ayrton; Dão, Rodrigo Defendi e Juan; Luiz Gustavo, José Welison e Hugo; Marquinhos, Caio e Souza.
    Logo depois, Ney sacou Dão e deslocou Luiz Gustavo para a zaga, enquanto Neto Coruja foi para o time principal.
    Próximo do fim das atividades, Ney testou outra formação e observou principalmente o desempenho dos recém-contratados Alemão, Josa e Léo Costa.

    O time Rubro-Negro terminou o treino com a seguinte formação: Wilson; Ayrton; Luiz Gustavo, Alemão e Mansur; Neto Coruja, Josa e Léo Costa; Caio, Marquinhos e Souza.

    ResponderExcluir
  3. BAHIA - Marquinhos admite má atuação e já pensa no BA-Vi.

    Bahia e América-MG ficaram no 0 a 0 no primeiro jogo da segunda fase da Copa do Brasil, no estádio Independência, em Minas Gerais, na noite desta quarta-feira(7). E foi em uma partida fraca tecnicamente que o Tricolor passou em branco pela primeira vez neste ano.
    Para o treinador, parte dessa má apresentação pode ter relação com a forma violenta que o time mineiro se apresentou. Todas as três substituições do Bahia, na partida, foram por conta de lesões provocadas pelos atletas adversários. A mais grave foi a de Lincoln, que sofreu uma torção no joelho.

    Para o BA-Vi de domingo, o único que preocupa é Lincoln. Amanhã, será feito um exame de imagem para saber qual é a gravidade da lesão.

    ResponderExcluir
  4. VITÓRIA - Quinta, 08 de Maio de 2014 - 17:59
    Sem Souza, Ney Franco comanda coletivo tático na Toca do Leão.

    Coletivo tático. Essa foi a atividade comandada pelo técnico Ney Franco na tarde desta quinta-feira (8) na Toca do Leão, visando o duelo contra o Bahia, domingo (11), em Pituaçu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.
    No treino, Ney não pôde contar com o centroavante Souza, que viajou para o Rio de Janeiro. Ele foi resolver problemas particulares na capital fluminense. Já o lateral-esquerdo Juan, participou de um trabalho regenerativo na academia do clube. No entanto, o camisa 6 do Leão não deve ser desfalque para o Ba-Vi

    O comandante Rubro-Negro aproveitou o treino para testar várias formações. Na primeira parte do coletivo, ele escalou a equipe com: Wilson; Ayrton, Rodrigo Defendi; Dão e Mansur; Luiz Gustavo, Josa, José Welison e Hugo; Marquinhos e Caio.

    ResponderExcluir
  5. BAHIA - Quinta, 08 de Maio de 2014 - 17:59
    Rhayner treina parte física e deve reforçar o Bahia no clássico.

    Com o grupo reduzido, contando com apenas dez jogadores em campo, o auxiliar Marcelo Serrano comandou um treinamento técnico para os jogadores não relacionados para partida contra o América Mineiro, pela Copa do Brasil.
    Em campo, o assistente de Marquinhos Santos dividiu o grupo em dois times e realizou uma atividade técnica: Diego Felipe, Emanuel Biancucchi, Jeam, Potita e Robson contra Anderson Conceição, Feijão, Lucas Fonseca, Raul e Roniery.

    Na sala de musculação, os principais assuntos da reapresentação tricolor. O lateral-esquerdo Guilherme Santos, o goleiro Omar e Ávine realizaram um treinamento físico, enquanto Diego Macedo iniciou o tratamento no departamento médico.
    Outro jogador que fez um treino na academia do Fazendão foi o atacante Rhayner. Liberado pelo departamento médico, o atacante foi submetido a uma série de exercícios e deve estar liberado para enfrentar o Vitória neste domingo (11), na Arena Fonte Nova.

    ResponderExcluir
  6. SOBRE O BAKAKAFI DO ED:
    Wilson Pittoni, Henrique ou Branquinho. O técnico Marquinhos Santos tem várias opções para substituir o meia Lincoln, que sofreu uma ruptura no ligamento do joelho direito e só volta a jogar após a Copa do Mundo. As alternativas estão na mesa e o treinador tricolor não faz nenhuma questão de esconder. Já o time titular para o Ba-Vi de domingo, na Fonte Nova, é segredo, daqueles guardados a sete chaves.
    Com Pittoni ou Branquinho, Marquinhos Santos pode manter o esquema superou o Vitória na final do Campeonato Baiano e iniciou bem o Brasileirão. Já com Henrique, o time ganharia maior poder ofensivo. O treinador sabe bem o que planeja para o duelo de domingo, mas não dá pistas do que vai mandar a campo.

    - O time está montado, trabalhado, já definido. Mas não tem como adiantar a escalação. Faltam mais de 48 horas para a partida e podem acontecer algumas situações. Posso falar alguma coisa e mudar depois. Por conta disso tenho cautela para não divulgar o time de forma antecipada – disse Marquinhos Santos.

    Nesta sexta-feira, o treinador comandou um treino fechado na Arena Fonte Nova. A atividade serviu para o treinador observar o comportamento do time sem Lincoln e fazer testes. Apesar de não falar de nomes, Marquinhos Santos afirmou que planeja manter a filosofia de jogo do Bahia.

    - Claro que a ausência do Lincoln influencia no plano tático de jogo. Com a chegada dele, o time teve uma evolução esperada. Ele fez com que atletas mais jovens crescessem de produção, como o Anderson Talisca. Mas a gente está preparado. O time tem uma filosofia de jogo. Acredito muito no trabalho. A peça está mudada, mas a filosofia é a mesma - declarou.

    Pittoni é o favorito para ocupar a vaga de Lincoln e até ganhou elogios de Marquinhos Santos. O treinador, no entanto, mantém o riso no rosto durante toda a entrevista, como se escondesse uma carta na manga.

    - Pittoni é um grande jogador. Teve um início de temporada muito produtivo. Teve a lesão, se recuperou e vem procurando se adaptar ao estilo de jogo. Ainda não voltou a jogar como antes da lesão. Mas vem de uma sequência dentro de uma evolução. Treinamos com o Pittoni e sem o Pittoni aqui na Fonte Nova. Vamos aguardar esse último treino do Vitória, para caso consiga algumas informações nas entrelinhas do Ney para monta o time – finalizou o técnico tricolor.

    ResponderExcluir
  7. SOBRE O VITÓRIA DO FLORI:
    Sem dois titulares, Ney foi obrigado a mudar o esquema. Ele abriu mão da formação com três atacantes e optou pelo 4-4-2, com Marquinhos e Caio no comando no ataque. No meio, a novidade foi a presença do novato Josa. Recém-chegado à Toca do Leão, o volante treinou o tempo inteiro entre os titulares. A equipe que começou jogando foi a seguinte: Wilson; Ayrton, Rodrigo Defendi, Dão e Mansur; Luiz Gustavo, José Welison, Josa e Hugo; Caio e Marquinhos.

    Na segunda parte da atividade, o treinador rubro-negro promoveu uma mudança. Ele sacou Defendi da equipe titular e mandou a campo Alan Pinheiro, voltando ao esquema com três atacantes. Com isso, Luiz Gustavo foi recuado para a defesa. O coletivo terminou em empate sem gols.

    Dois jogadores são desfalques quase certos para o clássico. O volante Cáceres e o atacante Dinei continuam se recuperando de contusões. Eles seguem no departamento médico. O Ba-Vi deste domingo será o quinto do ano, mas o primeiro pelo Brasileirão. A partida está marcada para às 18h30 (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova.

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: