Ir ao Topo

segunda-feira, 14 de julho de 2014

ALEMANHA É TETRA!

ALEMANHA CAMPEÃ DA COPA
A partir de agora,  o futebol mundial tem um novo soberano. Com um gol de Gotze, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, a Alemanha venceu a Argentina por 1x0 no Maracanã e se tornou tetracampeã mundial, sendo essa a primeira vez que uma seleção europeia vence a Copa do Mundo no continente americano.

Assim como em toda grande final da Copa do Mundo, o jogo teve contornos de dramaticidade e foi decidido somente no final da prorrogação. Vindo embalada pela vitória massacrante contra o Brasil, a Alemanha começou a partida dominando as ações. Liderada por Kroos, os europeus mantinham a posse de bola e tentavam sem êxito furar o bloqueio da retranca argentina.
Já na segunda etapa de jogo, a partida ficou mais acirrada, mas continuou com a mesma tônica. Logo em seguida os argentinos começaram a dominar as ações em campo, criando algumas chances de abrir o placar. A maior reclamação no segundo tempo foi um suposto pênalti que Neuer teria cometido em Higuaín. Mas sem o placar ser mexido, inevitavelmente o jogo foi para prorrogação.
O gol decisivo saiu somente aos sete minutos do segundo tempo da prorrogação, quando Gotze recebeu cruzamento de Schurrle e completou de voleio, era o tão esperado  gol do título. Após levar o gol, a Argentina partiu para o desespero. Mas era tarde demais, a Alemanha é a mais nova Campeã Mundial de Futebol.

6 comentários:

  1. to querendo esquecer logo essa copa....
    muda logo o post pro Brasileirão, Ed....kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha que homenagear os campeões né Flori?...Afinal de contas, eles nos prestaram um imenso favor ganhando dos nossos hermanos marrentos...hehe!

      Imagine ai a Argentina campeã da copa aqui no Brasil...é prakabarmermão!...kkkkkkkkk!

      Excluir
  2. Presidente da FIFA dá nota 9,25 a Copa no Brasil..."não existe perfeição!".

    O presidente da Fifa, Joseph Blatter, evitou comparações entre a Copa do Mundo do Brasil e edições anteriores do evento, mas afirmou que as próximas terão muita dificuldade para superar o Mundial de 2014, pela qualidade do futebol apresentado.

    Questionado sobre a nota que daria à Copa no Brasil, depois de ter dado 9 à da África do Sul, Blatter brincou e atribuiu 9,25 ao evento, porque "não existe perfeição". "Foi uma Copa muito especial, e o que fez esta Copa tão especial foi a qualidade do futebol e a intensidade dos jogos", disse o presidente da Fifa.

    ResponderExcluir
  3. Executivo preso recorre à Justiça e espera liberdade em 15 dias.

    O diretor executivo da Match Services, Raymond Whelan, entregou-se nesta segunda-feira (14) à Justiça do Rio e está preso. Segundo a sua defesa, porém, ele já tem um pedido de habeas corpus tramitando na Justiça e espera que ele seja julgado em 15 dias. Quem avaliará o pedido é a 6ª Câmara Criminal do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio). Caso o órgão aceite o recurso de Whelan, ele será solto.

    Whelan é acusado pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) de chefiar a máfia que comercializava ilegalmente ingressos da Copa do Mundo de 2014. A empresa para qual ele trabalha é parceira da Fifa na organização do Mundial.

    ResponderExcluir
  4. Presidente da CBF aceita pedido de demissão da comissão técnica e elogia Felipão.

    A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, no fim da tarde desta segunda-feira (14), que aceitou o pedido de demissão da comissão técnica da seleção brasileira. O presidente da entidade, José Maria Marin, agradeceu o trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari e de seus companheiros de comissão, o esforço dos jogadores e o apoio da torcida pelo resgate da autoestima e demonstração de amor à seleção.

    ResponderExcluir
  5. Felipão duplamente magoado.

    Felipão esteve no apartamento de José Maria Marin por uma hora no fim da tarde de hoje e teve algumas surpresas.
    Primeiramente ao saber que havia uma equipe da TV Globo na porta do prédio.
    Depois a mudança de posição da dupla Marin/Nero sobre o que havia sido conversado antes do jogo contra a Holanda.

    O técnico, ingenuamente ou não, achou que continuaria à frente da Seleção, principalmente depois que uma sondagem de opinião pública feita pelo Esporte Espetacular, já no domingo, mostrou que 25% das respostas foram pela sua manutenção, à frente de Tite.
    Ele não se demitiu ao contrário do que diz a nota da CBF e nem sequer entregou o prometido relatório, porque sua reunião com a cúpula da CBF não estava marcada para hoje.

    Ao seu modo, Felipão se sente duplamente magoado: pelos dois cartolas, embora entenda que não suportem as pressões, e pela Globo.

    Considera que o venenoso editorial feito por Galvão Bueno no sábado, no Jornal Nacional, foi uma vingança pelo desentendimento entre ambos 12 anos atrás, quando se recusava a atender o narrador.

    Felipão ainda se surpreende com o poder da Globo.

    *SANTA INGENUIDADE BATMAN!

    ResponderExcluir

O Aposte na Zebra agradece a sua participação: